Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 2:16 am

Na região Central de Austin, contrastando com os avanços da arquitetura moderna, um quarteirão chama a atenção por sua heterogeneidade. No espaço dividem-se uma capela presbiteriana, uma Ong que acolhe vítimas de violência contra a mulher, uma loja de artigos religiosos e recentemente a recém inaugurada Le Point Zéro.

IGREJA



ONG


LOJA DE PRODUTOS RELIGIOSOS
Fachada


Vitrine


Entrada










avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 2:41 am

SANTUÁRIO BLASFEMO

"Ah,não diga mais nada, meu amigo. Nenhuma palavra é necessária. Você tem fome - eu posso saciar você. Você tem sede - eu posso aplacar essa sede. Por favor, me siga".


Convite de um fiel


Localizado na região central ninguém sabe ao certo onde, um novo culto ao Deus Negro é estabelecido em Austin

Seu sacerdote-doutrinador reúne-se com seus fieis semanalmente para poder executar a magia da fé, além de promover mensalmente, ritos de honra a Set.








avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 2:50 am

Depois de um dia de sono dos justos, Marie desperta e segue para seu banho ritualístico.

As primeiras noites em Austin estavam sendo bem agradáveis e Jack havia desempenhado um excelente trabalho para a instalação do Templo e recrutamento dos primeiros fieis.



Envolvida em sais de banhos Marie faz sua primeira refeição. Uma jovem viciada que estava visivelmente dopada como a vampira gosta.

avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 12:14 pm

A humana extasiada estava envolta em vestido fino de cetim branco que desliza suavemente em um movimento sutil no momento em que chega a borda da banheira caindo ao chão de furna suave, empinado a nudes daquele lindo exemplar de humana.

Sua visão estava caída devido o uso de fortes doses de cocaína que perderam seu efeito no início daquela noite e sua pele cheirava a fumo, cigarro e incenso.

Era como se ela estivesse se drogando durante o dia inteiro enquanto se preparava para esse momento.
Era claro que ela queria mais.

A mulher se aproxima da vampira e beija sua boca suavemente deslizando sua língua até a altura dos seios beijando e tocando a setita de forma bastante atraente.

Não demora muito a a filha de Set tinha suas presas fincadas na veia de sua serva que explodia em êxtase.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 1:24 pm

Marie após um longo beijo suga a fiel até que a mesma adormeça em seus braços, contempla o frágil rosto da viciada e sorri:

- Nosso Senhor agradece a sua devoção, não tardará para que sua recompensa venha.

Então a retira da piscina de águas mornas deixando-a de lado. Antes que acordasse a mesma deveria ser retirada do templo, pois não tinha autorização para contemplar o local.

A sacerdotisa segue por um estreito corredor até um outro cômodo pouco maior que a sala de banhos. Trata-se de um pequeno altar decorado com velas e aromatizantes que cercam um caldeirão no qual uma bebida de cor forte mas aroma suave é fermentada.

Marie observa o processo de fermentação e faz os ajustes que julga necessário, por fim morde a ponta do indicador e observa as gotículas de seu sangue percorrerem até o centro do caldeirão.

O processo de criação estava quase concluído talvez ainda naquela noite, resultados positivos poderiam ser observados.



avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 4:16 pm

Todas as noites era sempre o mesmo ritual, limpar-se contra as impurezas, alimentar-se, agradecer aos Deuses pela não-vida e por fim fortalecer seus rituais.

Anne Marie finaliza mais um lote de garrafas, agora sim podia declarar sua noite como iniciada.

Anne marie rolou 10 dados de 10 lados com dificuldade 4 para bebida de typhon que resultou 10, 2, 8, 3, 1, 3, 1, 6, 10, 4 - Total: 3 Sucessos
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 4:31 pm

Anne desempenha o ritual e consegue realizar com sucesso o processo. Tudo estava preparado e pronto para iniciar.

Mr. Brown chega no local onde ritualistas se encontrava e diz assim que é lhe dado a oportunidade:

_Acabei de verificar o templo e está tudo nos conformes...

_Acabei de despachar a moça que a senhora se alimentou e coloquei ela em um táxi. Estou ansioso e também confiante com o culto que sera realizado esta noite.

O carniçal era jovem porém muito eficiente.

_Vim avisar que ainda temos mais meia hora antes de começarmos. Deseja que realize mais alguma tarefa ou posso me dirigir ao local de recepção aos visitantes?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qua Nov 25, 2015 5:29 pm

Marie folheia seu livro de escrituras enquanto permite que Jack a atualize.

- Obrigada...

Sai de sua boca de forma seca e vazia.

- Precisamos fortalecer nossa rede de contatos e influência na cidade, assim como direcionar às atividades na Ong, na Boate e na Capela. Cada um desses locais tem uma finalidade e estas precisam estar em sintonia.

Pausa por um momento e continua a folhear o livro que por sinal parece ser muito velho.

- Agende uma reunião com cada um desses líderes.

Para a ONG quero que seja intensificada a abordagem nas ruas principalmente voltada para prostitutas, crianças vítimas de violência sexual, mendigos, desempregados e demais camadas marginalizada da população, ofereça um sopão diário e cadastre cada uma dessas pessoas em nosso banco de dados. Assim que você tiver um relatório razoável sobre a história de vida de cada um desses marginais traga a mim aqueles em que observar maior potencial para serem nossos espiões pelas ruas.


Começa a trocar de roupa na frente do carniçal enquanto repassa seus planos.

- Na capela, entregue uma boa quantia do dinheiro que nos restou, diga que é para obras de caridade e reforma da igreja. Investigue a vida do reverendo e dentro de 01 semana o traga até mim.

Veste sua túnica de rituais e começa a pintar alguns símbolos em várias partes do corpo.

- Quanto à Boate, apenas invista em promoções e festas temáticas para aumentar o nosso faturamento. Ah e reforce a segurança eletrônica, quero câmeras escondidas instaladas inclusive dentro dos banheiros que são locais onde membros gostam de realizar suas caçadas.

Assim que pronta, se vira finalmente para Brown e sorri.

- Alguma dúvida?
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 6:45 pm

Conforme sua senhora fala, o carniçal apenas ouve e nada mais e assim que questionado se tinha alguma dúvida logo responde:

_De maneira alguma senhora, está tudo gravado aqui! -Fazia um gesto com o dedo indicador apontado para cabeça-

O carniçal era bom em guardar coisas, o que de certa forma era maravilhoso, pois evitava de seus planos cairem em mãos erradas.

Em um gesto generoso e simples se despede de Anne.

_Com sua licença senhora... -Diz se retirando do lugar-

Os membros da seita já começavam a chegar no lugar. Ainda eram poucos no momento, cerca de três mulheres e dois homens.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qui Nov 26, 2015 1:26 am

Ela libera a saída dele , apenas pede para que Jack venha buscá la assim que todo o gado esteja presente.

Orienta para que as portas sejam trancadas quando o último entrar.
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Qui Nov 26, 2015 2:54 pm

Passado pouco mais de meia hora o servo retorna. Com um sorriso satisfeito.

_Esta tudo perfeitamente em ordem agora senhora. Todos os visitantes habituais estado presente, além deles temos mais outros três membros.

_Estamos no total de quinze e a porta já foi selada. Os membros do culto lhe aguarda.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qui Nov 26, 2015 5:41 pm

Marie acena em afirmativo com a cabeça e o dispensa.

"Hoje é o início de uma nova era em Austin"

Pelos corredores do santuário a setita segue, em uma das mãos o caldeirão com a bebida preparada anteriormente, na outra mão uma galinha preta ainda viva. Dos seus lábios é proferida uma singela oração.

O templo possuía diversas pinturas, que retratavam parte da cultura negra americana com uma mistura africana. De um lado o bem era representado por cenas do cotidiano familiar, da evolução humana e símbolos religiosos católicos, do outro notava-se várias pinturas envolvendo chamas, com pessoas sendo queimadas vivas por uma grande figura de semblante diabólico assim como nos livros de histórias fantásticas.

Os  passos de Marie são elegantes e compassados, ao adentrar no salão todos os presentes se assustam diante do que veem. Pois a sua frente uma linda mulher branca, de olhos verde esmeralda extremamente cintilantes, proferindo palavras de calma e fé.



Jack sabia exatamente o que fazer, abaicha-se diante de um tambor e começa a batê-lo ritmadamente, Marie vai para o meio do grande salão começa a olhar um a um das pessoas ali presentes. Seus olhos grandes eram de um verde tão profundo e no centro apenas um risco como o olhar de uma serpente. Começa a dançar devagar e de maneira muito sensual, seus olhos sequer piscavam enquanto começava a rodar pelo salão se aproximando de cada um. Primeiramente acaricia o peitoral de um jovem rapaz, em seguida afaga os cabelos de uma mulher gorda, na sequência se aproxima do pescoço de uma outra mulher fazendo-a se arrepiar dos pés a cabeça. A dança continua, agora em ritmo mais frenético.

- Dancem meus amados, sintam o poder do Deus de nossos ancestrais em seus corpos. Aqui não existe mágoa, não existe aflição, não existem problemas. Aqui encontrarão paz, alegria, prosperidade e compaixão.

A dança continua enquanto as palavras ecoam tão alto quanto as batidas de tambor.

- Hoje essa vida de derrotas acabou! Hoje as dores de vocês pertencem a mim e a minha santidade pertence à vocês.

Então vai até o caldeirão e começa a servir a bebida à todos os presentes.

- Bebam e matem a sede de esperança. Bebam e sintam que o que digo é verdade. Tenham fé que dias melhores estão por vir. Tenham fé! HAHAHAHAHAHAHAHAAHHAAHAHAHAHAHAHAHA

Então roda freneticamente, rumando na direção da galinha preta assustada. Levanta o animal para o alto e assim que todos terminam a bebida e já devotam sua atenção a ela novamente, Marie arranca cabeça do animal com a própria boca. Sangue Jorra por todo o seu corpo e por onde passa.

- Agora dancem, se livrem das correntes que os prendem. Sintam-se livres para serem quem vocês quiserem ser!


OFF:
SERPENTIS 1   ATIVADO

Marie rolou 6 dados de 10 lados com dificuldade 4 para convencer que resultou 4, 3, 7, 8, 2, 5 - Total: 4 Sucessos
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Sex Nov 27, 2015 12:41 am

Inicialmente os membros se sentem retraídos e ressabiados para com o culto. Tudo era muito novo e o paradigma pagão ainda tinha que ser quebrado com alguns. Alguns ainda eram novos ali, e outros três era ainda o primeiro dia.

Porém todos encaram a nova experiência como sendo algo mágico e encantador.

A dança da serpente serve para quebrar o gelo e era lindo e admirado pelos que ali estavam, mas dentre todos que ali estavam, um deles ainda estava bastante sério ou melhor dizendo; cético.

Se tratava de um jovem de cerca de 25 anos que usava um terno surrado, fazia o perfil vendedor de cosmético ou professor de faculdade pública; era esguio, muito magro e usava um óculos com a perna remendada com durex.

Porém quando todos entram no ritmo, nem ele fica para trás, chegando até mesmo a ensaiar uma dança desajeitada e sorrir como os outros.

O culto começa a ganhar mais corpo e a cada toque da sacerdotisa os humanos se sentem descarregados de suas culpas.

O sacrifício é feito e o culto ganha um ar um pouco mais pesado e tenso, e não muito se demora e todo o lugar estava tomado por sangue.
O possuir ferroso chega a envolver até mesmo a setita e sua alma clamava pela luxúria.

Quando o olhar de serpente é feito, os humanos se aquietam e se mostram completamente hipnotizados com o efeito do poder e ali ficam parados, estático, sem conseguir descolar os olhares da vampira.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Sex Nov 27, 2015 2:34 am

A vampira não encerra por aí sua celebração. Retira de dentro da túnica um chocalho ritual, volta a percorrer pelo salão parando brevemente na frente daquele que parecia o mais cético no início da cerimônia. O encara e diz:

- Eu sou Mambo Marie, a representante do Gran Met em Austin. Os aflitos eu consolarei, aos necessitados darei todas as minhas riquezas, aos descrentes toda a minha fé.

Então cola seu corpo ao dele, o jovem sente o corpo bem delineado que existe por baixo daquela veste. Seios fartos e macios, o hálito quente da vampira passa bem próximo dos lábios daquele homem. Ainda com o olhar compenetrado naquele rapaz, Maria se afasta devagar e volta a proferir em alto e bom tom.

- Qualquer um pode participar dos ritos. Não há qualquer requisito de sexo, raça, idade, opção sexual ou origem nacional. Muito menos é pedido para se abandonar suas crenças e afiliações religiosas anteriores. Esse templo pertence a todos aqui presentes a partir de agora, qualquer um pode entrar e trazer outros consigo, aqui terão paz, proteção e abrigo. Naquele canto...

Então aponta para uma mesa farta em alimentos.

- Existem deliciosas iguarias, comam à vontade e levem o que quiserem para suas casas. Naquele outro canto...

Aponta para uma urna.

- Deixem seus pedidos e uma pequena oferta para prosperarmos com a obra.

Os tambores voltam a tocar num ritmo mais frenético.

- Para aqueles que possuem pendências com o mundo espiritual, agendem seu horário com Jack e faremos uma interseção junto à seus mortos. Recuperarei as almas dos mortos e irei transformá-las em loa Ghede. Casos de esterilidade serão combatidos com fertilidade e pois eu sou sua juiza divina e para mim poderão trazer qualquer pedido!

Volta a rodar pelo salão cantando e balançando o chocalho:

- Ó kwa, Ó jibile ! 2x (Ó cruz, Ó júbilo !)
- Ou pa we m inosan ? (Não vês que sou inocente ?)


Parece varrer o chão com sua saia esvoaçante.

-Zozo, tone! A la yon bagay ingra, (repite)
-Koko malad kouche, zozo pa bouyi te ba l bwe ,
-Koko malad kouche, zozo pa vine we l.


- TRADUÇÃO:
Pênis, pelo trovão! Que coisa ingrata, (repite)
Vagina está doente e cansada, pênis não ferve chá para ela,
Vagina doente e cansada, pênis não vem a ver.

Os tambores novamente tocam com maior suavidade.

- O Vodu é mal entendido freqüentemente como sendo politeísta, sincrético e animista. Estes conceitos errados serão clareados conforme nós discutirmos as características dos loa. Eu acredito em um Deus, Gran Met, ou Grande Mestre. Este Deus é todo poderoso, onisciente!

OFF: Marie rolou 4 dados de 10 lados com dificuldade 7 para fascínio que resultou 6, 2, 10, 3 - Total: 1 Sucessos

Então os tambores cessam de vez:

- Fiquem em paz, voltem para seus lares cientes de que agora estão protegidos. Tragam parentes e amigos para nossa próxima reunião, atenderei pessoalmente cada um.

Marie então se afasta e parece rezar diante de um altar, agora com um salão em silêncio. Espera que em breve seu rebanho triplique, que uma rede de contatos pelas ruas inicie, afinal o que humanos mais precisam nesse mundo devastado é de alguém que os ouça, os mate a fome e lhes passe segurança. Acha que naquela noite, conseguira alcançar tudo aquilo diante daqueles mortais.

OFF2 : GASTEI 1 DE SANGUE PARA TEMPERATURA CORPORAL

OFF3: AO ME APROXIMAR DO CÉTICO, PERCEBO SE ELE É APENAS UM MORTAL?
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Sex Nov 27, 2015 11:57 pm

A celebração sai de forma impecável e flui perfeitamente como planejado.

Quando o olhar de serpente é desfeito os membros se movem naturalmente e se sentem renovados. Ao contrário do que se espera, eles não estão assustados, o chá fez com que muitos ficassem em transe e a máscara foi preservada a sua maneira.

A mulher gorda manifesta uma entidade que é controlada e tido como uma manifestação mais psíquica que real pela vampira, porém os demais membros entendem como aquela sendo uma manifestação do próprio deus citado por Anne.

Ao fim de toda cerimônia os membros aplaudem o culto em conjunto, fazem isso como um corpo, sem excessão, começavam a interagir e somente coisa boa é dita por eles.

Estavam limpos das transgressões e completamente "descarregados" espiritualmente falando. Limpos de toda culpa.

...

Analisando o homem que ali estava de forma a tentar perceber se era um vampiro, percebe que seu corpo estava quente, seu coração batia e sua respiração era perfeita como a de um homem qualquer, mas isso não fazia dele um homem, pois Anne apresentou as mesmas impressões que ele naquela noite. Qualquer vampiro experiente poderia fazer o mesmo que você fez.

Quando o banquete é oferecido alguns vão até lá se alimentar, mas não todos.

A caixa de oferta estava vazia até então, nas o homem franzino vai até ela. Ele tinha uma maleta de doutor de couro marrom bem surrada.

O homem retira de dentro da bolsa um bolo de dinheiro e joga dentro da caixa de oferta. Ali facilmente tinha cinco mil ou mais, poderia ser facilmente o salário do mês do pobre homem que ou não era tão pobre assim ou era um doido varrido.

Após isso ele se senta e saca um celular. Parecia estar fazendo uso de alguma rede social.

Mr. Brown olha para Anne desconfiado esperando alguma reação da mesma. Enquanto isso os demais membros do culto também ofertam quantias generosas, mas não exorbitantes quanto a do homem que parecia bem distraído em seu celular.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Seg Nov 30, 2015 4:26 pm

Marie sorri satisfeita diante dos avanços feitos, como boas ovelhinhas aquele futuro rebanho passaria a ser orquestrado e acompanhado de perto a partir de agora. O próximo passo será pensar em alianças e novos contatos em potencial dentro da alta sociedade de Austin.

Observa o movimento de cada um dos ali presentes, esperava que Brown em breve lhe entregasse os relatórios solicitados, pois somente assim poderia decidir seus próximos passos no mundo mortal. No entanto, enquanto isso não acontecia um dos homens presentes lhe chama atenção pela bela quantia ofertada aquela noite, não era toda noite que o culto recebia doações valorosas como aquela.

Se aproxima dele com graça e simpatia:

- Não poderia deixar de vir agradecer pessoalmente sua contribuição, nossas obras infelizmente não teriam como se manter se não fosse pela doação de nossos fieis e amigos. Qual o nome do bom homem?

Aguarda curiosa pela resposta.
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Seg Nov 30, 2015 5:32 pm

Os membros um a um vão se despedindo e se retirando do Santuário Blasfemo, de modo que naquele instante naquele lugar estavam somente Mr. Brown que conversava com a mulher gorda dando a ela uma orientação espiritual e o jovem que parecia alheio ao tempo.

As portas já foram abertas e um gato tinha entrado por ela, ele foi direto ao estranho que parecia ter um magnetismo estranho para com ele.

Por sua vez o homem brinca com o felino acariciando sua cabeça e o ousado animal salta por cima de seu termo.

Um ser humano preocupado com sua aparência ficaria bastante estarrecido com uma situação destas, mas o mesmo estava totalmente desapegado aos bens materiais, prova disso foi a alta quantia ofertada ao templo e agora esta.

_Eu entendo bem seu tipo de trabalho. Eu também faço parte de uma seita pagã onde também prestamos cultos e envolve-se muito dinheiro. A bem da verdade este simples pedaço de papel é o que infelizmente faz o mundo girar. -Sorri de forma sutil enquanto chocava a sacerdotisa com as informações dadas-

_Achei lindo esse seu trabalho, na verdade ele me tocou bastante. Digamos que eu ainda estava um pouco preso até este presente momento, mas agora que vossa mercê veio falar comigo, estou finalmente liberto de toda carga que me prendia.

O olhar do desconhecido era compenetrado, fixo no olhar da setita. Ele retira o óculos e um lenço vermelho do bolso, limpando a lente com o mesmo. Ao findar a limpeza coloca ele no rosto e tamanha foi a surpresa em perceber que as lentes estavam completamente vermelha, vermelho de sangue.

_Você pergunta meu nome, mas tenho tantos que você nem imagina. Porém, vou te dizer alguns que certamente irá conhecer.

_Uns me chamam tão somente de Alfaiate, outros me chamam de Carniceiro de Praga ou simplesmente Alfaiatezinho de Praga, o meu preferido.

Um arrepio percorre toda espinha da filha de Set que ante aquela lenda viva não passava de um inseto.

OFF: Não precisa de testes para se recordar de nenhum destes nomes, você comece todos.


avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Seg Nov 30, 2015 6:22 pm

O sorriso desaparece do rosto da setita da mesma forma que surgiu, assim que o arrepio há muito tempo não sentido lhe percorre a espinha.

Marie sinaliza para que Mr. Brown dispense a mulher e também saia do recinto. Pela seriedade com que o comando é feito este sabe que era algo muito sério o que seria conversado ali, sem dúvida a obedeceria deixando os dois a sós, mas ficaria à espreita para em caso de fuga ou algum outro tipo de reação.

Marie agora que sabe diante de quem está, é curta e grossa.

- A que devo a honra?

Marie não retira seu olhar sobre o dele em nenhum momento, senta-se de frente para o Carniceiro, naturalmente insinuante.

Acima de tudo, não demonstraria medo, afinal estava em seus domínios.


Última edição por Anne Marie em Seg Nov 30, 2015 6:25 pm, editado 1 vez(es) (Razão : finalização)
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Seg Nov 30, 2015 7:25 pm

Mr. Brown e a gorda olham para setita espantados com sua ação e prontamente cumprem o que foi solicitado.

...

Alfaiate mantinha um simpático e doentio sorriso no rosto, parecia que finalmente podia ser ele mesmo de novo e isso era libertador.

_Você deve estar se perguntando neste exato momento o motivo de alguém como eu vim aqui, pessoalmente encontrar com você...

_Pois bem, estou aqui para lhe dar um alerta e que neste exato momento você terá que escolher um lado.

_Em breve a cidade será tomada por mim, e isso é um fato indiscutível. Porém assim como você, eu tenho o intuito de salvar almas.

O sorriso em sua face se desfaz e o Tzimisce reclina levemente seu rosto como um animal irracional, mas ao contrário disso, ele estava completamente no controle de suas ações.

_Ver o pescoço de alguém tão interessante agarrado nas presas de um selvagem como os membros que pretendo trazer para esta cidade me comove de tal forma que chega a dar uma pontada em meu peito, de pura agonia.

_Então, eu, o general deste cerco vim pessoalmente aqui, em uma cidade ainda dominada pela camarila te fazer a seguinte pergunta.

_Que lado você pretende escolher?

_Ah, sim, já estava me esquecendo... Esta proposta é somente para antes de começar a guerra. Depois que isso tudo terminar e caso você escolha o lado rival, eu advirto que eu mesmo voltarei aqui, no dia D e beberei seu sangue pessoalmente.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Seg Nov 30, 2015 8:01 pm

Marie olha pra cima como se buscasse orientação "divina" e então dá um longo suspiro, como se toda a sua não-vida dependesse daquele ato.

- Hoje o senhor vem até o meu refúgio, sabendo que formei uma aliança com  a seita dominante de Austin, para me dizer que em breve derrubará o Malkaviano-príncipe transformando esta cidade um domínio do sabá?

O sorriso malicioso volta, assim como o sol que nasce todos os dias, para os seus lábios.

- Uhmmnn... vejamos...

Retira o capuz que cobre seus cabelos e a túnica é jogada para trás por cima do acento da cadeira. Percebe-se que por baixo daquela veste toda está uma ex-mortal de corpo belíssimo, e que até mesmo o tzimisce mais audacioso exitaria diante de desfigurar aquele corpo.

- O príncipe possui aliados valiosos, grande influência no que diz respeito a segurança da cidade, além de uma rede de lunáticos ao seu bel prazer a hora que quiser. Desculpe-me senhor, entendo sua fama, seu poder, e confesso que não gosto muito de seguir certas regras que a camarilla me impõe.... simplesmente pelo fato de entender que a graça de ser imortal é justamente não ter que seguir regras. Mas me diga Alfaiate, como fará esse cerco?

Pausa e antes mesmo da resposta continua:

- Pois pelo que entendi, não tenho garantias de sobrevivência se for para o seu lado. Afinal, pelo que me informei antes de vir para esta cidade é que a sua seita estava fraca e defasada... se me permite dizer.

Então se silencia diante do último argumento.
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Qua Dez 02, 2015 6:29 pm

_Tsc...

O som do estalar de boca do ser que estava a frente é ouvido enquanto ele se levantava e batia a roupa retirando o pelo de gato ou qualquer resquícios de sujeira que ali estivesse.

_Assim você me ofende minha cara. Logo eu que fiz questão pessoalmente de lhe procurar, para ser tratado com tanto desrespeito?

_Eu não preciso de você para se manter vivo, pelo contrário...

Recolhe então a maleta que estava no assento próximo.

_Sendo assim, acredito que não temos mais o que conversar. Estou saindo daqui com uma resposta negativa.

_É isso mesmo que entendi?

OFF: Preciso que me diga a verdadeira sensação ou motivação que Anne está sentindo no momento, pois ele está lendo sua aura
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Qui Dez 03, 2015 4:38 pm

Anne se levanta junto com ele, como uma anfitriã que não deseja que sua visita vá embora sem tomar um xícara de chá antes:

- Creio que o senhor não me entendeu, desculpe, não era minha intenção ofender alguém como você!

Mantendo uma postura ereta diante de um ser que poderia esmagá-la tão facilmente se quisesse, afinal o poder da feiticeira está em sua fé e magia e não nos atributos físicos.

- Quem não tem garantias de sobrevivência nesse momento indo para o seu lado sou eu, antes de vir para Austin pesquisei um pouco sobre a cidade e suas lideranças e pelo que soube sua seita além de focos dispersos pouco tinha a oferecer, principalmente para mim que só desejo uma vida pacata e tranquila para me dedicar à minha fé.

Anne abre os braços evidenciando suas instalações, ou seja, a arena do Santuário.

- Mas agora com a sua presença as coisas mudam de configuração, realmente vejo grandes possibilidades.


Pausa novamente o encarando dos pés a cabeça.

- O que desejo saber para que possa tomar minha decisão final e assumir todos os riscos, é como o sabá cercará e tomará a cidade. Derrubando assim Ethan, um vampiro digamos assim poderoso, honrado e cheio de aliados?

Novamente se silencia.

OFF: Ela está curiosa e não parece mentir, realmente se põe "excitada" em conhecer uma nova perspectiva para sua atuação em Austin.
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Sex Dez 04, 2015 12:34 am

O carniceiro detém sua saída e encara a sacerdotisa com um olhar um pouco mais brando.

_Anne, minha amiga, eu poderia te revelar como tomaria a cidade, mas precisaria um pacto melhor que simples palavras. Você precisaria ser efetivamente sabá e estar a meu lado de corpo e alma.

Sorri.

_Eu não consegui o status que tenho, me tornando um general, revelando meus planos de cerco para membros afiliados a seita rival.

_Quanto a estes... digamos assim... boatos que espalham por aí, pode ser até verdade até certo ponto.

_Os sabás não são famosos por sua organização, até que alguém como eu, com um pensamento visionário e com forte capacidade de influência e liderança surja para direcionar os cabeças de pá.

_Você falando assim, parece que não conhece minha fama. Parece que não conhece o general que junto a Sasha, Polônia, Borges e outros generais tão proeminentes como eu, dominaram toda costa leste americana?

Alfaiate leva o dedo ao queixo enquanto pensava.

_Somos ambiciosos e agora resolvemos descer um pouco mais ao sul. Iremos tomar todo Texas em cinco dias e se é mesmo tão sábia e investigativa quanto diz, saberá que não é um simples blefe.

_Não se apegue a mentiras que as harpias espalham de minha seita para que os camarillas se sintam mais confiantes, nem também a lenda de um príncipe fajuto que em breve terá o mesmo destino que J. Benison Hodge.

Olha então fixamente para Marie sem demonstrar expressão alguma.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Anne Marie Laveau em Sex Dez 04, 2015 7:31 pm

Anne sorri, de fato estava diante de alguém que não curte rodeios. Se fazer de inocente não funcionaria com alguém como aquele ser. Mas se tinha algo no qual sempre era subestimada, era o quão longe ia seu conhecimento sobre o oculto e a movimentação nos jogos de poder de ambas as seitas, apesar de sua especialidade ser a feitiçaria gostava muito de entender o comportamento de outros seres sobrenaturais principalmente os seres da noite como ela.

Anne caminha devagar até a porta de saída e se coloca na frente dela, aparentemente impedindo a saída. Era maluca ou muito sagaz, o Alfaiate teria dúvidas.

- Tenho pleno conhecimento da ambição de vocês e a fama que alcançaram na costa leste, principalmente com o cerco em Atlanta. Digamos que vocês sabem muito bem o que é invadir uma reunião com estilo. Victoria Ash, a toreadora que nos diga... Que os Deuses a tenham!

Sarcasticamente olha para o alto em sinal de fé.

- O arcebispo  Polônia, um lasombra ardiloso e Sascha a demônio mais enigmática e interessante do qual já ouvi falar e agora você Alfaiatezinho de Praga, famoso por criar servos digamos assim exóticos. Tive conhecimento que após o cerco de Atlanta, grupos de ataque foram enviados por Monçada e comandados por Sascha à várias cidades da costa leste dos EUA com o objetivo de invadir e aniquilar todos os membros da Camarilla. Dentre estas cidades (Anne faz as continhas com os dedos pausadamente) as principais foram Charleston - Carolina do Norte, Richmond - Virgínia e culminando em Washington, DC. Muito bem...

Uma nova pausa, encosta-se na porta e coloca as mãos na cintura.

- Não duvido que possam tomar esta cidade, posso sim me unir à vocês. Mas vamos ao que de fato interessa, nem o laço de sangue consegue conter as contendas de vocês... temo por minha não vida mesmo após a sua vitória.

Marie sabe muito bem o quão desunido o clã é, e que matam uns aos outros sem grandes motivos aparentes.

- Me dê um prazo Sr. Alfaiate! Antes do seu ataque terá minha resposta e mais uma vez obrigada pela honra de me avisar pessoalmente sobre o que está por vir.

Marie não sai da porta, apenas estende a mão para cumprimentá-lo como dois bons negociadores.
avatar
Anne Marie Laveau

Mensagens : 147
Data de inscrição : 24/11/2015
Localização : New Orleans

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Narrador em Sex Dez 04, 2015 11:49 pm

O Carniceiro ouvia com atenção tudo que era dito e a forma que era dito. Anne começava a se soltar e mostrar seus conhecimentos sobre tudo que sabia, de modo que quando termina o demônio aplaude bem baixinho sua performance.

_Muito bem... -mais aplausos-

O pequeno alfaiate sorrir sem mostrar os dentes, um sorriso Faceiro, satisfeito com aquela resposta.

_Tudo bem, não esperava que me desse uma resposta de imediato. Só não se demore, o tempo passa, como fumaça em uma cidade em chamas...

Após falar sobre o tempo sorri mais abertamente.

A setita não entende muito bem o por que do sorriso e sorrir da própria piada é um sinal grave de demência.

_Assim sendo, acho que não temos mais o que conversar.

_Cuidado com o que vai falar e com queen vai falar sobre mim.

Eu tenho muitos olhos. Pense em segredo...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Santuário Blasfemo - Voodoo Temple

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 2 1, 2  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum