Empire Pawnshop-Loja de penhores

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sab Mar 05, 2016 10:29 pm

Localizada próximo ao centro da cidade uma  nova  casa de penhores se instalou:
Empire Pawnshop: compra, venda, empenho e empréstimos.


Aberta 24 horas o local conta com um time de quatro funcionários que se revezam em três turnos.



O estabelecimento conta com uma gama variada de itens, desde equipamentos domésticos, eletro eletrônicos, joias e até mesmo armas e munição.


" />


A segurança do local normalmente é feita pelo proprietário do local: Sr Edward Smith, um homem bastante intimidador de 2,05 m de altura.



Quem também pode ser vista no local com certa frequência é a filha de Edward, Anabelle


Atrás  de uma parede  falsa no porão do estabelecimento há uma porta de madeira maciça, que conduz ao refúgio de Anabelle Hopkins

Um  aposento circular, com piso de mármore negro coberto por tapetes de pele branca extremamente macios, uma enorme cama com dossel domina o quarto, castiçais e cristais podem ser vistos por todos os lados.
A parede  oeste é coberta por  prateleiras e mais prateleiras de  livros, uma escrivaninha e algumas  poltronas confortáveis estão distribuídas aqui e acolá
O odor leve de  rosas toma conta de todo o cômodo, mais adiante é possível ver uma banheira e móveis de banheiro, o local não possui divisórias, apenas um imenso salão, que ocupa uma área maior que a loja acima dele, repleto de móveis, lustres, castiçais e candelabros das mais  variadas épocas e estilos, que parecem desordenadamente alocados.
Pinturas à óleo  estão penduradas, parecem retratos da monarquia, há também paisagens sul realistas e imagens  góticas.





Pode-se sempre ouvir uma melodia tocando, vindo de uma antiga vitrola.
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sab Mar 05, 2016 11:54 pm

A vampira desperta de seu dia de sono, com a rotineira dor de cabeça. Seu crânio inteiro sempre doía bastante em todo seu despertar, mas na nuca a dor era mais intensa, latejante.

O líquido rubro empapa todo seu travesseiro de penas de ganso mais uma vez e assim como uma jovem que sofreu a menarca, se sente completamente suja e nojenta.

De dentro do dormitório da bela dama, a TV estava ligada de modo a notar as 9 câmeras que tinha acesso, três delas captavam os pontos chaves da rua e tinham um alcance nítido de pelo menos 500 metros, de acordo com a vontade de quem a manipulava.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Dom Mar 06, 2016 12:24 am

*A dor característica do despertar poderia incomodar a qualquer outra criatura da noite, mas não a Anabelle.
Aquele latejar tão familiar e a dor que a acompanhavam desde o princípio a acalentava. Faziam-na lembrar-se a cada novo despertar, que em uma época longínqua, esquecida pelos séculos ela fora humana, tivera uma "vida".
Fechando os olhos ela sente cada pulsação do latejar em sua nuca, instintivamente leva os delicados dedos até a ferida aberta, fechando-a.
Imediatamente a sensação de asco toma conta dela. Chegava a ser cômica a repulsa que a cainita sentia pelo próprio vitae. Talvez por isso nunca tivera uma cria. Ela pula da cama e para de frente para a cabeceira. Morde o lábio inferior, leva a mão direita até os lábios enquanto a mão esquerda brinca com o pingente de rubi pendurado no fio de ouro em seu pescoço. Sua expressão é de preocupação. *

- Edward?
* A voz não passa de um sussurro rouco, chamando por seu protetor, sozinha não seria capaz de livrar-se daquele travesseiro. Anabelle sabia que não precisava dar instruções à ele.
A vampira afasta as alças da camisola de seus ombros frágeis, deixando-a cair no chão de mármore, coberto por um fofo tapete de peles. Suspirando lentamente se dirige até a banheira, onde a água tépida e perfumada a aguarda. *
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Dom Mar 06, 2016 12:59 am

A não vida era mesmo irônica, aquele que era seu pai, seu protetor, era ao mesmo tempo seu servo sanguíneo, um Vassalo, e por mais que sua mente forçosamente teimasse em dizer o contrário, ela não deixaria de ser a dominadora, nem ele um escravo.

O banho estava ótimo, em uma temperatura ideal, ajustado em 30 graus, precisava esquentar um pouco sua carne gélida e se limpar do sangue que estava pisado em sua cabeça e cabeleira loira da cor de ouro. Essa era realmente uma parte muito chata, mas assim como acostumou a despertar sentindo as dores, acostumou também de forma ritualística a ficar perfeita para uma nova noite.

Olhando mais uma vez as câmeras, nota que Edward estava muito ocupado mostrando um rifle a um jovem loiro e muito vistoso, aparentando ter seus 27 anos, talvez um pouco mais.


Ele estava perfeito, parecia um anjo; vestindo um traje para festa, parecia estar indo receber o Oscar ou algo assim.



"Opa, peraê, aquele era... Era o Príncipe Ethan"

Todas as descrições batiam corretamente, exceto pelo cavanhaque, mas ele era um Malkaviano poderoso, e com toda capacidade de mudar sua imagem como bem quiser.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Dom Mar 06, 2016 1:32 am

*A cainita sorri ao perceber que o príncipe viera até ela, e não seria de bom tom deixa-lo esperando, lutando contra a vontade de permanecer na água reconfortante ela deixa a banheira*
- Até amanhã minha querida
*Ela joga um beijinho para a banheira de mármore, que obviamente permanece em silêncio, dando os ombros ela se encaminha para a arara de metal onde suas vestimentas estavam metodicamente separadas por cor. Brincando com o pingente em seu pescoço ela olha para o arco-íris à sua frente. Não sabia ao certo qual seria a cor mais adequada para aquela situação.
Ainda indecisa ela enxuga o corpo com a toalha felpuda, espalha a leve e adocicada fragrância elaborada especialmente para si, sobre o corpo morto. Enquanto seca as madeixas douradas observa a arara, ainda indecisa.
Finalmente ela decide-se e escolhe aquela que acredita ser a veste mais adequada. Mira a imagem no espelho uma vez mais e deixa o seu aposento. Ao cruzar pela cama olha com repulsa para o travesseiro manchado de escarlate. Com um esgar apressa o passo em direção à loja.
Subindo rapidamente as escadas ela chega até o andar superior. Aproxima-se de Edward, sua figura frágil parece ainda menos perto daquele brutamontes.
Tocando o braço moreno do vassalo ela sorri gentilmente.*
- Papai? Precisa de ajuda?
*Os olhos faiscantes miram então o regente daquela cidade, aquele que  chamara*.

[img][/img]
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Dom Mar 06, 2016 2:03 am

O Lacaio sorriu após a chegada de sua senhora e pela primeira vez sorriu verdadeiramente naquela noite.

_Ora ora, até que enfim minha menininha acordou de seu soninho de beleza da tarde.

_Como lhe dizia senhor Barnes, ela é uma moça muito estudiosa e faz faculdade no período noturno e vezes ou outra tem que improvisar o sono para tornar sua vida um pouco mais adequada.

Ethan sorrir simpaticamente enquanto diz:

_Mas é claro, o senhor deve ser muito orgulhoso dela. Posso me apresentar a moça?

_Mas é claro senhor Barnes! Só vá com calma, pois estou de olho hein!-Dizia o pai cuidadoso-

Ethan se reclina levemente, levando sua não esquerda para trás, apoiando em sua cintura, como um verdadeiro cavalheiro.

Segura na mão de Anabelle e fica seu olhar no dela.

_Senhorita, é um imenso prazer lhe conhecer, me chamo: Ethan Crauser a seu dispor.

O carniçal encara a situação com um olhar arregalado e surpreso, mas por não ter a foto de Ethan para se basear e também não imaginar que um príncipe viria diretamente a sua casa, sequer supôs esta possibilidade.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Dom Mar 06, 2016 2:27 am

A cainita se diverte diante as surpresa de Edward, e lhe brinda com um sorriso tranquilizador, sabia que o lacaio estava preocupado em ter quebrado alguma regra ou norma de etiqueta, e o sorriso de sua senhora o deixaria mais tranquilo.
Ela faz uma leve mesura com a cabeça:
- É um imenso prazer finalmente conhecê-lo Srº Crauser.
A voz da criatura da noite é baixa, quase um sussurro, combina perfeitamente com sua aparência jovial, ninguém diria que alcançara mais de duas décadas de idade.
Esse comentário sempre fazia Anabelle rir com nostalgia. Contrariando todas as estatísticas e expectativas, mantinha uma doçura que a maioria de seus irmãos perdiam em menos de um século.
Olhando rapidamente ao redor, ela percebe que os vendedores e clientes presentes ali estão bastante ocupados. Dirige-se então à Edward:
-Papai, irei mostrar o estoque do subsolo para nosso cliente, acredito que ele deva interessar-se pelas mercadorias que lá estão.
Olha então pra o regente:
- Sr Crauser, gostaria de acompanhar-me? Tenho certeza que possuímos artigos que podem lhe interessar.
Ela sabia que não corria perigo algum ao convidar o príncipe para seus aposentos, afinal fora o próprio príncipe, mesmo que à distância juntamente com Edward e Drake que haviam projetado tudo ali.
Com um sorriso doce nos lábios ela estende o braço, indicando o caminho para o visitante.]
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Dom Mar 06, 2016 2:40 am

_O prazer é tudo meu, me sinto regozijado em lhe receber em minha cidade, mais ainda por ter atendido meu pedido de socorro tão prontamente. -Dizia respondendo de forma educada a Anabelle-

Ethan sorrir ao carniçal, desviando o olhar vagamente ao mesmo, tornando após isso a olhar para a bela representação de criatura das trevas a sua frente. Assim como Anabelle, o vampiro acalma o Lacaio.

_Está tudo bem senhor Edward, você realmente me impressionou bastante com o modo de despistar os curiosos e teria me enganado se eu não conhecesse a verdade.

_Ficarei feliz se você entender que esta foi uma visita inopinada, e isso era certo acontecer, visto que não tenho costume de divulgar minha fotografia aos recém chegados por questão de segurança.

O Príncipe tinha uma fama que lhe precedia. Ethan era o vampiro mais paranóico que se teve notícia nos últimos anos, e este defeito era corriqueiramente usado como um trampolim para seu sucesso; pois nunca foi pego de surpresa e sempre tinha um plano de segurança traçado para qualquer situação.

Recebe o braço de Anabelle e permite ser conduzido por ela.

_Vamos então?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Dom Mar 06, 2016 3:07 am


Anabelle sorri novamente para ambos, brinca com seu pingente e então conduz o regente pelo corredor até a porta que leva ao subsolo.
A escada de pedras descendente é larga o bastante para que ambos caminhem lado a lado, em poucos instantes chegam até o porão.
O local está cheio de antiguidades, armas, livros, quadros dos mais variados tipos. O piso do andar superior deve estar no mínimo seis metros acima de suas cabeças, no entanto não há qualquer indício de umidade quem poderia ser letal à inúmeras mercadorias que ali estavam estocadas.
[img][/img]
Caminhando mais vinte metros eles chegam até um imenso armário com um fundo falso, protegido por senha, Drake era muito bom com essas tecnologias e projetara o espaço com perfeição, nem o mais astuto caçador poderia desconfiar.
Assim quem silenciosamente o fundo do armário revela uma ante-sala de mármore branco a cainita gentilmente solta o braço do príncipe e toma a frente.
Apesar de não haver aberturas reais para o exterior, pois provavelmente estavam a mais de vinte metros de profundidade, havia divãs, cortinas e janelas com lindos afrescos simulando o lado de fora com quase que total perfeição.

Anabelle abre a porta de madeira maciça que conduz a sua alcova, adentra recinto e convida Ethan a fazer o mesmo.
O cheiro ali dentro é uma mescla de baunilha, flores e o sangue da cainita já seco sobre a fronha de seda.
Anabelle ignora o odor e indica uma das diversas poltronas espalhadas pelo cômodo para que o príncipe sente-se.
-Bem, meu príncipe, me chamaste e aqui estou.
A criatura da noite mantêm-se em pé, brincado com o pingente preso a seu pescoço, olhando diretamente para o príncipe.

avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Dom Mar 06, 2016 3:42 am

O Príncipe analisa perplexo o local onde Anabelle criou aquela mini fortaleza, com uma segurança interessante aos seus olhos exigentes de regente.

Não era qualquer um que conseguia agradar o Príncipe da cidade de Austin, mas a doce Anabelle parece ter ganho cinco estrelas no quesito satisfação do JUSTO.

_Clamei ao senhor de todo meu coração, ele me ouviu do seu alto monte e me enviou socorro. Estou grato a ele -olha para o alto, fazendo alusão da casa de deus- e a você, por ter me atendido.

_Com sua chegada minha cara, ganhamos uma larga vantagem no quesito poderio bélico na luta contra nossos inimigos. Permita-me te atualizar dos fatos:

_Nunca foi novidade para ninguém, que esta cidade, na verdade todo o Texas inteiro sofre com um estigma perpétuo, uma chaga incurável, que são os lobisomens.

_Ainda assim minha cara, consegui reduzir o grau de incidentes para com os seres místicos desta classe a praticamente a metade das regências anteriores, inclusive os ataques lupinos reduziram o percentual de grau significativo comparando-se a outras cidades sem muitos representantes do povo lobo. Mas algo me preocupa quanto a eles, e é exatamente este ponto que entra um outro inimigo.

_Nosso rival ancestral, o Sabá, também estava em um nível bem controlado e assim que surgiam os focos, eram todos mortos sem piedade, mostrando que estávamos aptos para enfrentá-los sempre. Todavia um ancião muito antigo(Alfaiatezinho de Praga) tomou partido nesta luta e nos ameaça, enviando a mim um relógio feito de carne humana viva. O ponteiro que não existia nele, foi descrito de uma sinistra maneira: Quando cinco membros legítimos do feudo caírem, o ataque devastador iria iniciar e nos perderíamos a cidade. Eu estou aqui e te convoquei para provaremos juntos que isso é uma fraude.

_Uma terceira força, mas não menos preocupante, são os anarquistas. Estes malucos, punk, góticos, sempre foram uma pedra em nosso sapato, que eventualmente tínhamos que remover para não nos ferir. Todavia, algo muito péssimo sucedeu:

_A antiga primogênita brujah desviou seu caminho de forma arrogante, se revelando inimiga do feudo. Junto com ela quase todos os brujah nos deixaram, exceto dois. Não é preciso dizer que perdemos hábeis guerreiros com isso...-Ethan dizia com um tom insatisfeito-

_Fora isso temos ainda: o sumiço do gado e um surto de loucura que vem tomando a mente de algumas pessoas, esta doença doutor Tobin, um mentiu de nosso clã intitulou com a alcunha de: A RAIVA.

Ethan inspira, é sabido que o vampiro conseguiu manter a cidade sem guerra declarada por cerca de dez anos, Ethan eram um estrategista nato, sábio e muito justo. Toda esta justiça atrai muita admiração, e Austin por uma década foi tida como uma cidade modelo.

_Dito isto boranos a nosso primeiro problema, fechando assim um círculo vicioso. Afinal de contas, os fatos estado irritados com tudo que vem acontecendo e cada vez mais eles espreitam minha amada cidade de suas florestas e campos selvagens.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Dom Mar 06, 2016 7:52 pm

*Assim que Ethan inicia seu relato, Anabelle senta-se sobre o tapete branco de pele cruzando as pernas em posição de lótus, curva a parte superior de seu corpo, de modo que pudesse apoiar os cotovelos próximo aos joelhos. Descansa então o rosto sobre as mãos.
Os olhos de água marinha se fixam no regente sorvendo cada palavra como um néctar dos Deuses.
As emoções expressadas por seu rosto variam da satisfação até o asco quando o regente menciona o relógio de carne. E à partir desse momento a ruga de preocupação que se forma entre as sobrancelhas da cainita não se desmancha.
A atenção de Anabelle sobre o restante do discurso é visivelmente prejudicada após aquele ponto em específico, ela tentava imaginar como seria horripilante tal relógio, e como aquele ancião havia sido petulante ao fazer tamanha ameaça.
Ela continua com o rosto apoiado sobre a mão direita, enquanto a mão esquerda brinca com o pingente escarlate.
Acertara ao atender ao chamado de Ethan, ele precisava de seu apoio ainda que não fosse uma eximia combatente, faria possível para ajudá-lo a manter o domínio sobre Austin que durante uma década fora tão exaltada dentre o clã.
Não entendia como somente ela havia respondido ao chamado, mas bem sabia que alguns simplesmente preferiam ignorar a suplica dos primos. Anabelle nunca fora capaz de fazê-lo, nem antes e nem agora.
Assim que Ethan termina ela dá um sorriso tranquilizador, e seu rosto parece ainda mais jovem.
Fluidamente ela levanta-se e em um gesto ousado, aproxima-se e beija a testa do príncipe, não com volúpia, mas fraternalmente.*
-Não preocupe-se primo, farei o possível para ajudá-lo.
*Acariciando o rosto de Ethan com o dorso da mão direita ela vira-se e caminha até uma coluna de obsidiana. Em algum momento que passara despercebido ao príncipe ela tirara os sapatos, pois caminhava descalça sobre o tapete.*
Ainda de costas para o regente ela continua falando:
- Meu príncipe, quando vagava pela Europa conheci uma de nós romani, algo bastante raro, nessa época eu ainda andava solitária, e bastante perdida. A acompanhei durante algum tempo, e ela ensinou-me algumas coisas.
*Quando ela se vira para o príncipe possui uma bandeja nas mãos com uma pequena caixa de madeira entalhada, uma jarra de cristal lapidada cheia de água, e uma travessa redonda feita de pedra da lua.
Ela senta-se mais uma vez aos pés de Ethan, cuidadosamente enche a travessa com água. Gira a delicada chave que tranca a caixa de madeira e tira de dentro dela um embrulho de veludo púrpura. Delicadamente o abre e revela inúmeras agulhas de ouro.*
-Vejamos o que o futuro nos reserva meu regente...
*Sorrindo ela os joga sobre a água, e aguarda que as figuras divinatórias se formem.*



avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Seg Mar 07, 2016 11:26 pm

Ethan era um homem bastante religioso, mas não a ponto de ser um bastardo intolerante. No mundo das trevas, cada um se agarrava a convicção que lhe tornasse forte para resistir os horrores deste mundo cão, e se está forma não prejudicasse as leis do protetorado, por que não permitir?

O vampiro olhava o desenrolar dos fatos um tanto ressabiado, mas não a ponto de ser arrogante.

_Você tem certeza que quer fazer isso? Eu não vou te impedir, mas deve estar preparara para o que vai ver.

_E então?

Ethan parecia também ter aquele raro Dom, e curiosamente já parecia saber o resultado daquela busca.

O estranho ato e pergunta do príncipe apenas aguça a curiosidade da herdeira de Malkav.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Anabelle-Ethan

Mensagem por Anabelle em Ter Mar 08, 2016 2:50 am

Após ouvir as palavras do regente, sorri de maneira confortadora, as palavras de Ethan a deixam curiosa, pensara que ele a convocara por seus dons premonitórios, agora já não tinha tanta certeza disso, ficando um pouco confusa. Balançando a cabeça de leve, ela afasta essas dúvidas para um canto obscuro de sua mente, pois agora precisa de total concentração na travessa à sua frente.
Anabelle observa as agulhas douradas mexerem-se na água coletada da chuva. Aos poucos as formas que se apresentam na água a atingem com força.
Os olhos da malkaviana reviram-se nas orbitas, voltando à posição normal logo em seguida. Ela fica com o olhar parado, completamente perdido, como se sua alma tivesse deixado o corpo.
Após alguns instantes o frágil corpo da cainita é sacudido por tremores, e lentamente lágrimas rubras descem por sua face, maculando o tapete alvo.
Ela fica em silêncio por longos minutos, e aos poucos as agulhas desmancham as figuras formadas indo agrupar-se junto à borda da travessa.
Nesse instante Anabelle soluça, tal qual uma criança desalentada murmurando palavras inteligíveis.
- Sangue, …guerra... morte...
Ergue então o olhar marejado de lágrimas escarlates para Ethan, não conseguia entender por que ele continuava com aquilo, tendo ciência do futuro
- Por que?
A voz é cheia de dor, e empatia pelo regente. Nascia nela uma admiração sem igual, aquele primo possuía muito mais nuances em sua personalidade do que ela imaginara.
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Ter Mar 08, 2016 11:07 pm

Ethan retira algo do bolso, era um lenço cor de sangue. O vampiro estava vestido de gala, e era comum ter sempre um lenço no bolso para certas eventualidades.

Com isso ele seca o rosto da amiga e diz em um tom amistoso.

_Eu tentei te poupar deste detalhe, mas não se preocupe com isso, estou com o espírito preparado, e a cidade precisa de mim.

_Venceremos esta guerra, mas se eu fugir como um covarde, o resultado pode ser outro!

Esperava a bela Malkaviana se recompor para dar seguimento ao que planejou para Anabelle.

_Ok, ok...

_Você e Edward terão um importante papel nesta guerra, na verdade um papel fundamental, pois sem armas, não existe guerra. Estou correto?

_Vou separar um local para servir como um arsenal, ali nossos soldados devem se dirigir para se equiparem, tudo sairá dos cofres do Elísio, estou barganhando com Dallas para fazer daqui o pólo de armas do Texas.

_O que me diz? Aceita esta responsabilidade?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Qua Mar 09, 2016 3:01 pm

*Anabelle luta para manter àtenção as palavras de Ethan, as imagens que vislumbrara não saiam de sua cabeça.
Ele sequer nota quando o monarca enxuga as lágrimas rubras de seu rosto. Sua mente está longe, precisa encontra um meio de alterar aquilo que vira, precisava estar presente naquele momento e impedir, ela ainda não sabia como, mas iria fazer o possível e o impossivel para que aquele presságio não se tornasse real, e não passasse de mais uma previsão falha.
A primeira coisa que precisava fazer era livrar-se daquelas agulhas.
Enquanto Ethan falava ela ergue-se rapidamente indo até o ponto do salão que parece ser o talette, derrama a água com as agulhas na vaso sanitário e aperta o botão da descarga até que sumam completamente enquanto murmura palavras inteligíveis.
Aquilo era o mais próximo de água corrente que ela teria por ali.
Depois despeja a água que sobrara na jarra de cristal, cuidadosamente coletada das chuvas. Edward teria de coletar mais, mas isso era assunto para mais tarde.
Ela coloca a tigela, a bandeija e a jarra sobre a pia de mármore, e volta para junto de Etham.
Seria uma pena ter de se desfazer daquela bela caixa de madeira, mas seria preciso. Ela está com a caixinha nas mãos quando o príncipe pergunta se ela aceitaria a missão.
A verdade era que ela sequer ouvira o que ele dissera, mas tudo é soprado aos seus ouvidos com sussurros.
Tentando esconder o nervosismo que se passa em seu âmago ela exibe um meio sorriso, para logo após morder o lábio inferior enquanto brinca com o pingente de rubi em seu pescoço.*

-Claro Ethan, será um prazer ajudá-lo em tudo que for necessário. É uma honra ter me delegado tão importante tarefa. Edward tem muitos contatos nessa área.

*Ela novamente tenta sorrir, talvez o príncipe a achasse petulante por dirigir-se à ele por seu primeiro nome, mas seus pensamentos estão bastante distantes dali*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Mar 11, 2016 11:57 pm

Ethan sorriu ante a resposta positiva de sua irmã lunática. Ela parecia ter aceitado a situação quanto a sua visão, ou pelo menos próximo disso.

Um silêncio se faz no ambiente por alguns poucos segundos, até que o vampiro em um tom otimista se pronuncia mudando o rumo da conversa.

_Sei que não é a situação mais coerente em um período de guerra declarada, mas na noite deste dia acontecerá um baile de máscaras sobre a tutela da casa Toreadora.

_Você deve se perguntar: Estes caras são loucos? Mas acredito que não devemos cessar nossa rotina por conta de uma ameaça qualquer.

_Todavia esta festa servirá para estreitar os laços entre os membros, que vivem uma situação dificultosa.

_Eu sou especialista em segurança, e meu xerife, assim como eu, possui habilidades interessantes quanto a este quesito. Tenho certeza que não teremos problemas...

_É seguro!

O malkavino analisa as motivações de Anabelle e acrescenta.

_Você é minha convidada!
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Mar 18, 2016 7:27 pm

*Anabelle escuta as palavras  do regente, mas mal as registra, aquela  visão ainda a perturba. Precisaria  pensar em algo astuto o suficiente para  driblar o destino.
Ela melhor que ninguém sabia que esta não era uma tarefa fácil.
Escuta as palavras “baile de máscaras”, seguidas obviamente pela pela palavra toreador. Anabelle nunca  tivera predileção  por bailes, mas iria comparecer a esse em respeito ao príncipe.
Olha para o príncipe com um sorriso nos lábios, tentando disfarçar as preocupações que iam em seu íntimo:*
-Obrigada por tão lisonjeiro convite, comparecerei com toda certeza. Só um momento irei trocar de roupa.
*Com uma leve mesura ela se afasta, indo para trás de um biombo de  vidro  ricamente trabalhado, um trabalho primoroso quando melhor analisado, a paisagem  a primeira  vista parece  vidro jateado simples, mas  para um observador mais atencioso, é possível observar que  cada parte do objeto é feito de cristal,  as imagens parecem ter  sido gravadas  minuciosamente até  formar a paisagem desejada. A imagem da  cainita fica destorcida através  do cristal, mas  é possível perceber que ela troca de vestimenta. Alguns momentos depois ela deixa a discrição do biombo revela sua  figura já trajada para o evento.*
-Podemos ir meu príncipe, infelizmente não disponho de máscara alguma aqui.
*Como um último e curioso retoque a descendente de Malkav coloca o pequeno pingente de rubi dentro do bojo da lingerie junto ao seu coração. Prostrada diante do regente ela aguarda que ele se pronuncie.*



[img][/img]
[img][/img]
[img][/img]
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sab Mar 19, 2016 2:06 am

O príncipe sorrir quando percebe que Anabelle havia terminado, e o quão bela ficou.

_Você ficou radiante. Se eu tivesse uma filha gostaria que fosse assim! -Dizia elogiando a bela moça-

_Então, vamos?

Sem aguardar respostas o belo e exuberante príncipe estende o braço para que Anabelle se apoiasse nele.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Seg Mar 21, 2016 1:43 pm

*Anabelle sorri singelamente ante os elogios  do príncipe e por alguns instantes ele a remete  à  tantos  séculos atrás  quando ela ainda possuía um “pai”. Com um movimento leve com as mãos ela afasta aqueles pensamentos tristes, como se espantasse algum inseto diante de seu rosto.
Mirando Ethan diretamente nos olhos ela aceita  o braço estendido em um gesto cavalheiresco.*
-Obrigada meu príncipe. Podemos ir se assim desejar.
*A cainita aguarda pacientemente pelas palavras do regente, satisfeita com o  elogio a ela dispensado.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Dom Mar 27, 2016 8:37 pm

O príncipe conduz sua irmã sanguínea até o topo de seu refúgio, saindo então de dentro do asilo da bela jovem.

Ao passar pelo "pai" de Anabelle diz:

_Venha conosco bom rapaz, isso é, se Anabelle assim desejar...

Ethan antes mesmo de aguardar a resposta, olha para um homem que estava vestido de forma discreta, conversando com uma das vendedoras.



_Basílio meu bom homem, prepare nosso carro, estamos de saída!

Basílio por sua vez scène com a cabeça e se despede da mulher que apresentava sinais de flerte, apesar de Basílio desviar deste foco e ter sido salvo por Ethan de alguma forma.

O carniçal do príncipe será um dos homens mãos bonitos que viu desde que chegou em Austin.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Seg Mar 28, 2016 3:05 pm

*Anabelle por alguns instantes observa o belíssimo carniçal de Ethan, discretamente olha a expressão sonhadora de Lorelay. Bem sabia que a romântica balconista deveria estar se imaginando nesse momento uma casinha no campo com inúmeras crianças a sua  volta e com aquele carniçal como marido.
Anabelle olha  novamente para o belo exemplar de homem, e se questiona como seria sentir  luxúria. Fora abraçada antes de conhecer aquele sentimento, e mesmo agora após tanto tempo, jamais sentira-se atraída por outra criatura.
Conhecia o amor sim, mas o amor fraternal, aquele amor que sentia por seu carniçal, e o amor grato que sentira por seu senhor.
Por alguns breves instantes inveja a condição humana de Lorelay, mas esse sentimento iníquo encontra morada por pouco tempo na mente da malkaviana.  Logo os pensamentos de Anabelle voltam à procurar uma maneira de driblar o tão inexorável destino.
Percebe então que Ethan e Edward olham diretamente para ela, aguardando uma resposta. Vasculha rapidamente  sua mente  a procura do questionamento em questão, enquanto  tira uma pluma invisível de seu vestido, olha para os lados para ver se ninguém os observa e somente então fala:*
-Não acredito que se  faça necessária sua companhia Edward. Fique e tome conta de tudo. Há muitas coisas para serem organizadas ainda, sei que fará  tudo com maestria.
*Sem aguardar pela resposta do carniçal, a cainita  aguarda ser conduzida pelo regente.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Qua Mar 30, 2016 12:58 am

Edward faz uma cara de quem dizia: "Tem certeza?" Mas era mais por hábito; sua senhora raramente saía sem ele, mas confiava no julgamento de sua dominadora e também no homem que acompanhava a mesma.

Basílio, o carniçal do príncipe era bastante velho, as más línguas dizem que ele é desde a época dos reis e rainhas, lordes e baronatos, o que significava que vinha a ser mais velho que o próprio Ethan.

Outra verdade é que ele é um extremista religioso, um padre, o que fazia da ilusão da pobre mortal um temendo fracasso, pois dificilmente abandonaria sua fé.

Do lado de fora o veículo do príncipe aguardava:



Era um Azera da hyundai, um carro que não era de luxo(comparado ao padrão de vida americano), não chamava muita atenção, mas era um carro executivo e provavelmente blindado devido a tonalidade do vidro(Uma sacada que você percebeu por conhecer do assunto).

...

O belo príncipe dispensa o carniçal para tomar sua posição na direção e abre a porta para sua acompanhante.

_Entre por favor!


avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Qua Mar 30, 2016 9:36 pm

*A cainita  observa o carro de Ethan e admira a discrição do príncipe. Ela sempre abominara aqueles que ostentavam com opulência  sua fortuna. Muitos dos  filhos de caim tinham esse estranho hábito.  Era como se a ostentação fosse semelhante a  uma compulsão.
Dando os ombros Anabelle  adentra o carro sem nada falar. *
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sab Abr 09, 2016 1:07 am

Sem maiores problemas a dupla de malkavianos segue até o local do baile o príncipe era um vampiro carismático, sem apresentar sinais notórios de loucura, exceto um; a fissura pela segurança.

Pouco mãos de mais nos foram suficientes para chegarem ao local de destino.

...



Localizado sob o sótão de Swift e marcado apenas por um pequeno sinal, The Elephant Room pode ser facilmente esquecido, apesar da sua localização no centro. Mas isso faz parte do seu charme, e provavelmente parte da razão Wynton Marsalis nomeado um dos 10 melhores clubes de jazz na América. Bem, isso e os músicos de jazz e blues bem conhecidas que tomam palco sete noites por semana.



O espaço é um esplendor, mal iluminado e íntimo - um complemento perfeito para os sons do palco. Você pode pagar uma cobertura nos fins de semana, mas a maioria dos shows de segunda a sexta são gratuitos.



Por ser um local muito conhecido em Austin e ter sido eleito como um dos 10 melhores clubes de jazz na América, o Pub atrai muitos turistas que sobre a direção da própria dona a Toreadora Ada Kayle, servem como banquete para vários membros da cidade, que se alimentam sobre a restrição de não matarem o Gado, durante o banquete.



O pub fica em um antigo porão no centro de Austin, porém não se engane, ele detém um bar completo e um grande ambiente com pouca iluminação provida apenas por algumas poucas luzes.

...

O veículo estaciona bem em frente ao Pub, enquanto os homens, em um forte esquema de segurança, abordavam o veículo.

Após constarem quem era, a dupla ganha um acesso livre .

A malkaviana nota não só homens em terra, mas percebe uma grande movimentação acima dos prédios e também dois helicópteros que sobrevoavam a área.

Era uma segurança digna do próprio presidente da república.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sab Abr 09, 2016 1:09 am

[Próximo post: The Elephant room]
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1197
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 1 de 3 1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum