Empire Pawnshop-Loja de penhores

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Qua Maio 25, 2016 5:39 pm

Ambos descem do veículo após o jovem segurança que estava no banco do carona vislumbrar o perímetro e notar que não havia perigo.

Conforme caminham em direção da loja, notam que figuras estranhas estavam lá dentro, nada que representasse um perigo enorme como um sabá, a depender do ponto de vista de ambos.

Eram cerca de três horas da manhã e naquela hora não se tinha muito movimento.

Anabelle percebe então que seu pai estava de olho vivo e um pouco desconfiado, enquanto isso Lize e Beth, as atendentes de plantão, mostravam algumas armas para um moço de chapéu surrado e vestes esquisitas, parecia um cigano.

Outros três homens vestidos de maneira semelhante estavam do lado de dentro da loja. Olhavam curiosos o lugar, mas não tocavam em nada, apenas olhavam como que se servisse para ajudar o tempo a passar.

Edward estava atrás do balcão bem próximo do cofre e da caixa registradora, vezes ou outras tamborilava de forma sequencial, mas sempre mantendo um olhar fixo no grupo.

...

Os homens de William notam a cena estranha e levam a mão dentro do paletó que usavam, certamente alcançavam as armas.




Foi quando uma voz feminina se fez no local.

_Boa noite senhorita e... -Um certo ranço se fez presente naquele timbre, como se fosse inesperado a presença do algoz- Senhor William...
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Anabelle-William/Desconhecida

Mensagem por Anabelle em Qui Maio 26, 2016 7:14 pm

*Anabelle observa a cena com bastante curiosidade, porém sem nenhum resquício de medo. Após tantos anos já vira grupos muito mais estanhos do que aquele. Uma pontinha de felicidade  surge em seu interior sempre simpatizara com o povo cigano, chegara até mesmo a aprender alguns de seus  métodos adivinhatórios.
Seu olhar então recai sob Edward, sabia que  sob aquela fachada entediada havia um rio de  lava borbulhante. Ela  não costumava  ficar tanto tempo sem comunicar-se  e nem mesmo saia com frequência sem a companhia dele. Bem sabia que a inquietação e preocupação tomavam conta do carniçal.
Quando seus olhares se cruzam ela  sorri de maneira calma, para arrefecer os ânimos de seu fiel companheiro.
De braços dados ela se aproxima da entrada, e estava prestes a começar a apresentação do local para seu convidado, quando a voz feminina se faz presente.
Admirando a beleza exótica da desconhecida, ela sorri. E antes que possa retribuir o cumprimento, ela demonstra conhecer o algoz.
Com curiosidade  a malkaviana  fita ambos, sem nada  dizer, apenas o observando o desenrolar do acontecimento.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Maio 27, 2016 7:15 pm

FIM DAS ATIVIDADES

Off: O desfecho final será via chat.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Qua Jun 01, 2016 8:05 pm

Anabelle acorda para mais um noite. O led de seu celular estava piscando indicando que tinha uma nova mensagem.

Quando desbloqueia e abre o aplicativo, ouve então uma mensagem de voz vinda de seu contato:

_Tenha muito cuidado, começa hoje!

...

A filha de Malkav sente uma certa agitação na rede de loucuras, mas não consegue entender muito bem o que é, talvez tenha a ver com o que seu informante lhe disse.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Qui Jun 02, 2016 9:37 pm

*Anabelle desperta para mais uma noite de sua não-vida. Abre os braços preguiçosamente, inspirando fundo, inalando o doce aroma de tulipas Mas, antes que deliciar-se com o doce aroma de sua flor favorita, uma pontada aguda em sua nuca lembra-a do que era há tantos séculos, e ainda assim  ela parecia esquecer-se de sua imortalidade a cada adormecer.
Instintivamente leva a mão até o ponto de irradiação da dor, molhando sua mão com o líquido escarlate semicoagulado, semicerrando os olhos, fecha o ferimento, interropendo o sangramento.
Aquele ferimento que nunca fechava, era uma maldição bem vinda, pois a lembrava a cada despertar da criatura amaldicioda que se tornara.
O visor iluminado do celular faz com que afaste para longe esses pensamentos, ao ler a mensagem franze o cenho pensativa.
Ainda com o celular em punho, puxa os lençóis de seda que cobriam seu leito. Lança o travesseiro longe. Aquele item era incinerado todas as noites, Anabelle possui um estoque permanente de travesseiros e lençóis de seda.*

-Bem, que se inicie  o jogo.

*Deixando o celular sobre o aparador de mármore, caminha em direção à banheira, atrás de si um rastro de vestimentas largadas no chão.
Delicadamente entra na banheira, deixa que a agua tépida aqueça seu corpo enquanto reflete sobre os acontecimentos das últimas semanas.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Seg Jun 06, 2016 4:05 am

Enquanto se banhava em sua banheira quente e reconfortante, lampejos lhe vem a mente.

Anabelle se vê no corpo de alguém, um homem ou melhor, um cainita, como você.

O homem deliberadamente pegou uma mulher na rua, fazendo com que suas bolsas de compras caíssem no chão. Com auxílio de um porrete ele bate sequencialmente em sua cabeça, até que o que seria a cabeça da moça, se tornasse um bando de carne e ossos esmigalhados.

Risadas ecoam ao redor de si, então percebe que o assassino era um filho de Malkav, como você. Sente a adrenalina e a felicidade alheia naquela ato.

...

Aquilo não era necessariamente uma visão; se tratava de uma representação real do que estava acontecendo pela cidade com a presença dos malditos sabá. Era perturbador e intimidador e a "bênção" de Malkav tem se apresentado como maldição nesse momento.

Muitos dos que ofertavam a visão faziam de forma involuntária, sequer entendiam a "graça da loucura".

...

Não obstante a isso, Anabelle ouve em sua cabeça os seguintes:

-Bendito seja o SENHOR, minha Rocha, que adestra minhas mãos para a guerra, meus dedos para as batalhas!

-Tu me dás o teu escudo da salvação; tua mão direita me garante a vitória; desces ao meu encontro para dignificar-me.

-Ele será um espírito de justiça para quem se assenta para julgar, fortaleza para todos que impedem que a batalha passe pela porta.

Esta voz agora era de Ethan, alguém que dominava e sabia usar a rede de loucuras. Geralmente ele estava na rede como ouvinte, mas aos se pôs ativo, agindo como um servo do senhor, um anjo da salvação.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Seg Jun 06, 2016 5:23 pm

*Anabelle estava de olhos fechados imersa na água com sais e óleos perfumados trazidos do oriente. A cremosa espuma cobre seu corpo inteiro. A cabeça mantinha recostada na borda da banheira de mármore sobre uma toalha branca felpuda.
Permitia-se cantarolar uma velha canção. Estava um pouco ansiosa e porque não dizer eufórica, pelo que esta noite traria.
Sente então primeiro o golpe, não entende de onde vem aquela dor excruciante.  Estava só em sua alcova. As imagens  surgem então em sua mente. Vê a loucura nos olhos daquele desconhecido.
Sente cada golpe como se houvesse sido desferido diretamente sobre ela.
O pânico toma conta do íntimo de Anabelle. Instintivamente leva a mão ao pescoço, e para seu desespero, seu pescoço está nu.
Começa a debater-se na banheira, espalhando água pelo piso. A dor que sente é terrível. O corte em sua nuca volta a abrir; maculando a toalha branca, escorrendo para água outrora convidativa.
A cada golpe a malkaviana sentia mais e mais dor. Com extrema dificuldade, consegue deixar a banheira, gemendo e ganindo como um animal espancado ela arrasta-se pelo chão deixando atrás de si um rastro escarlate.
Finalmente alcança o tocador onde depositara seu bem maior. O segura entre os dedos, temia que a besta a  consumisse. A dor era insuportável, mas agora com sua preciosidade na mão, sente-se um pouco melhor.
Esse alívio dura poucos segundos, talvez o intervalo entre um golpe e outro. E quando a cainita pensa que não irá suportar...
Tudo cessa... A voz  de Ethan pode ser ouvida, e ela traz uma certa paz para Anabelle, apesar daquela oração não fazer parte de suas crenças. A dor aos poucos se dissipa, como se nunca tivesse estado ali.
Mais calma, Anabelle se recompõe, cura seu ferimento, mas continua ali, encolhida, abraçada aos joelhos,  inconscientemente  lágrimas escarlates haviam descido por seu rosto.
Precisa entender o que acontecera. Refeita, seca as lágrimas com o dorso da mão. Levanta-se, ergue a cabeça  e mira a figura no espelho.
Sacudindo negativamente ela observa aquele reflexo devastado que o espelho lhe mostrava.  Sentira algo parecido ao extinguir a própria existência a Primogênita do clã da rosa?
Ainda com Ada no pensamento, Anabelle dirige-se à ducha, seu banho estava completamente arruinado, e neste momento, a ideia de recostar-se novamente na banheira lhe causava repulsa.
Rapidamente  ela limpa o corpo na ducha vaporosa, e escolhe uma roupa ao acaso, agora não tinha muito tempo para isso. Sabia que quem colocara  aquilo na rede estava querendo incitar  a todos os descendentes de Malkav.
Se Ethan não houvesse interferido...
Anabelle abre a geladeira embutida em uma das paredes,  serve uma porção generosa de vitae e o bebe rapidamente. Não se dá ao luxo de saborear o único alimento que provara desde sua morte.
Já vestida ela pega o celular, escreve rapidamente uma mensagem:*

… “ Preciso de informações mais precisas”...

*Sem pestanejar a envia, pega a bolsa  e se dirige à loja de armas.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Ter Jun 07, 2016 3:30 am

Anabelle estava esgotada logo no início da noite, e isso não era bom. Talvez esta era a tática, talvez os Malkavianos sabá quisessem sugar a sanidade dos Malkavianos; não que eles sejam normais, mas de fato esgotar suas energias.

A vampira já ouviu histórias do tipo; sobre usar a rede nosferatu em guerra e o quão terrível isso poderosa se tornar, mas nunca se imaginou vivenciando este fato.

...

Quando sobe até o andar superior, nota uma certa agitação.

Edward estava na porta impedindo que uma criança entrasse, ela estava acompanhada de um rosto familiar.



_Desculpe senhor, eu já disse, a menina não pode entrar se o senhor não provar que é o responsável legal. Lamento...

_Droga Briene, eu já disse para você andar com seus documentos!

Foi quando Anabelle ouviu uma voz de criança doce e delicada.

_Aí é que está, não estamos querendo comprar armas, queremos falar com a verdadeira dona do estabelecimento...



Edward estaca por um momento.

_Peraê, eu acho que conheço vocês...

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Ter Jun 07, 2016 5:56 pm

*Anabelle divagava sobre o método de operação do Sabá. Aquela tática fazia total sentido. Se todos estivessem tão cansados como ela... Seria perigoso.
Suspirando levemente ela adentra a loja de penhores pela entrada dos fundos, saindo diretamente atrás do balcão.
Seu olhar se  direciona à confusão,  de onde estava não conseguia enxergar nada. Edward era uma muralha. Aproxima-se mais para visualizar o motivo do tumulto.
Quando consegue, uma pontadinha de felicidade surge em meio à sua agonia*



-Pai, deixe-os entrar Brienne é minha amiga.

*Chega então mais perto do casal recém-chegado.*

-Quase não o reconheci com o novo corte de cabelo.

*Ela dirige um sorriso brilhante ao mago, e depois para Brienne.*

-Que  surpresa Brienne, é um imenso prazer tê-los aqui. Queiram entrar.

*Anabelle dá uma olhadela rápida para o estacionamento, certamente Madame Dara apareceria em seguida. A cigana provavelmente sabia da chegada deles.*

-Pai, vou levar meus amigos para conhecer a nossa casa está bem? Se a Dara aparecer me avise.

*A cainita fica na ponta dos pés, beija o carniçal na bochecha e volta sua atenção para os visitantes.*

-Querem vir comigo?

*Anabelle mantinha o semblante sorridente e tentava procurar em Brienne resquícios de como aquele abalo da teia a afetara, enquanto aguardava a resposta de ambos.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Qui Jun 09, 2016 12:40 am

A mocinha e seu aliado se olham, pareciam conversar entre si apenas com o olhar. Foi quando Softer olha para trás, havia um veículo parado com vidros completamente escuros em um carro de cor preta, modelo cross da hyundai.

_Por mim tudo bem. Vamos nessa?

O gesto denuncia claramente que eles estavam com mais alguém ali, certamente aliados de Softer, devido sua aparente calma.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Qui Jun 09, 2016 12:40 am

A mocinha e seu aliado se olham, pareciam conversar entre si apenas com o olhar. Foi quando Softer olha para trás, havia um veículo parado com vidros completamente escuros em um carro de cor preta, modelo cross da hyundai.

_Por mim tudo bem. Vamos nessa?

O gesto denuncia claramente que eles estavam com mais alguém ali, certamente aliados de Softer, devido sua aparente calma.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Qui Jun 09, 2016 4:31 pm

*Anabelle olha para o carro preto, e franze o cenho por alguns instantes. Não imaginava porque os visitantes precisariam de proteção, não ali, no domínio dela.
A cainita leva a mã ao pescoço e brinca com o pingente da gargantilha.*

-Bem, venham comigo por favor.

*Ela os conduz até o balcão e digita o código que libera a trava, abre a portinhola, passa para o outro lado do balcão, aguarda que eles passem e então fecha novamente  acionando a tranca codificada.
Caminha até os fundos da loja  e para diante da porta de aço blindado que separa a parte da frente da parte traseira da loja.
Coloca o rosto próximo a porta e ela se abre automáticamente por identificação ótica. Ao contrário do que é de se esperar o corredor que a porta oculta é bastante simples, um largo corredor com piso de madeira muito bem encerado e brilhante, a iluminação vem do teto, de lustres de cristal bastante antigos.
Ambas as paredes são cobertas com papel de parede listrado de malva e rosa antigo, nos rodapés, rodameios e rodaforros há figuras em alto relevo de flores, limitadas por filetes dourados. Muitos objetos estão escorados as paredes: peças antigas, quadros, esculturas, móveis.
Ele passam em frente a uma porta blindada com uma placa escrito: Depósito. Não possui maçaneta ou fechadura aparentes. Provavelmente é acionada por identificação ótica.
Seguindo pelo corredor eles  até  outra porta, aparentemente de madeira maciça. O corredor segue para leste e oeste, formando um “T” neste ponto.
A malkaviana aproxima-se da porta e girando a maçaneta revela um aconchegante e amplo escritório.*



-Queiram entrar por favor.

*Assim que os visitantes entram Anabelle faz o mesmo, fechando a porta atrás de si. Indicando o sofá ela continua.*

-Sentem-se

*Ela mesma senta-se em uma confortável poltrona, e sorri para ambos.*

-Desejam algo para beber, ou comer?

*Se acomoda melhor na poltrona, e continua:*

-Me digam, a que devo a honra da visita?
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 12:50 am

Quando Anabelle olhou a viatura por cima, percebe que as portas se abrem, desceu um homem e uma mulher.

Ao contrário do que a bela Malkaviana esperava, não se tratavam de seguranças.

Eram dias pessoas completamente diferentes:

O rapaz tinha uma feição de garanhão italiano, bem vestido, como um Giovanni, mas respirava, o que faz a vampira também ficar mais aliviada.

O homem ascende um cigarro e observa de longe o desenrolar dos fatos.


Já a mulher lembrava uma prostituta, com vestimentas vulgares e tatuagens pesadas que atiçavam a líbido.

A moça também acende um cigarro e se encosta no veículo.



...

Eles se mantém afastados e Anabelle segue com Softer e Briene para seu esconderijo secreto.

Conforme efetua os protocolos, Softer se mostra embasbacado. O mortal descreve o tipo de tecnologia e após fazer isso diz:

_Já lancei algo melhor no mercado, mas você esta muito bem protegida ainda assim. Parabéns! -Elogia dando um leve sorriso de canto-

Anabelle talvez imagina em sua mente o que ele estava pensando, talvez se o jovem gostasse de desafios, poderia estar imaginando em como quebrar aquele mecanismo (virtualmente falando).

...

Quando se senta, e são interpelados, Softer estende as mãos espalmadas, dando a fala a Briene.

_Na verdade irmã, estamos dispostos a acabar com a guerra antes mesmo dela começar. Não era esse seu desejo também?

_Espero não ter chegado tarde. Mas Softer e aqueles três lá fora vieram ajudar com isso, se não se incomodar claro...

Bem, pelo que contabilizou tinha duas pessoas do lado de fora do veículo, exceto se uma terceira pessoa estivesse dentro do veículo.

Se tudo desse certo, Briene poderia salvar Austin das garras do sabá.

_Aquelas pessoas lá fora. são bem especiais, acredite, reunir um grupo destes e fazer com que concordem trabalhar em ajudar uma cidade que para eles é como uma outra qualquer, é deveras complicado.

Briene sabia do segredo de Softer, pelo que pode entender, são um grupo de magos.


Última edição por Narrador em Seg Jun 27, 2016 8:05 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 2:53 pm

*A cainita exibe um pequeno sorriso ante o comentário do mago.*

-Mesmo? Seria interessante encomendar então trancas e fechaduras mais seguras. Vou pedir a Edward para contatá-lo, é possível?


*Quando Brienne se manifesta, Anabelle sorri com contentamento, as divindades haviam escutado suas preces e lamentos. No mesmo instante da-se conta da enorme gafe que cometera e morde o lábio inferior, girando o pingente com a mão.*

-Obrigada prima, será que não se aborreceram por não os ter convidado a entrar?


*A malkaviana parecia extremamente preocupada com a possível desistência de algum dos dois visitantes que haviam ficado do lado de fora. Caminha até a escrivaninha de Mogno e pega o telefone, pronta para pedir para que Edward  conduza os dois até aquele local.*

-Me digam, como conseguiremos impedir que esse banho de sangue tenha inicio?


*Com o fone na mão ela espera por uma resposta deles.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 5:46 pm

Softer sorrir faceiro ante a pergunta da vampira quanto a sua segurança, o fato dela demonstrar interesse em seus dispositivos aguça uma parte no interior do humano que o deixa eufórico.

_Bem, estou um pouco sem tempo no momento, mas posso fazer um projeto para você...

A conversa se desenrola e ao invés de Briene responder, o próprio Softer o faz.

_Seguinte moça, deixa eu te falar um pouco sobre aquelas pessoas lá fora.

_Como Briene me falou que você é de confiança, vou revelar coisas que só você precisa saber...

_Esta é minha cabala, um grupo de pessoas com mesmo objetivo, que ajuda uns aos outros. Somos poucos no mundo, talvez uns cinqüenta ou menos e também estamos em guerra, contra forças que você sequer imagina que existe.

_Eles estão aqui, colocando seus pescoços em risco, eu não sou um escravo de sangue de Briene, somos de fato amigos. Um dia vou envelhecer e morrer...

_Somos magos!

Softer faz uma expressão de quem estudava as motivações de Anabelle.

_Eles não estão ligando de estar lá fora, ajudar você faz parte de um acordo que fiz com eles.

_Vou fazer um breve resumo aqui...

_Lá fora esta Luiggi Tarantino, um mafioso que já mudou de rosto tantas vezes que não deve sequer se lembrar de sua face original. Ele é o indivíduo mais perigoso que já conheci, não existe lugar que ele não possa entrar ou grupo que não possa se infiltrar, se com as mãos nuas ele é perigoso, imagina ele armado?

_A outra que você viu se chama Dolores Richster, inicialmente era uma prostituta, hoje uma maga do tempo. É ela que vai ter um papel fundamental nesta parte do plano, pois sua habilidade de ler o futuro é infalível.

_O terceiro homem é "See", não me pergunta seu nome, pois nem ele mesmo sabe. É um oriental tão bom de porrada ou melhor que Luiggi, não sei ao certo pois nunca brigaram, mas imagino que acontecera a terceira guerra mundial se isso ocorrer.
Suas habilidades não se encerram aí, ele é perito em "mentes".

_Já eu; sou um hacker, cientista cibernético, perito em tecnologias e desenvolvimento digitais, etc.

_Para ajudar você, vamos fazer um ritual aqui mesmo, ligando suas habilidades de ver o futuro com as de Dolores. Se tudo de certo, vamos chegar a um denominador comum.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 7:32 pm

*Lentamente a malkaviana recoloca o fone no gancho. Absorve e guarda cada uma das palavras de Softer.
Fica contente em saber que  são amigos, Anabelle era uma das raras cainitas que tinha fé e esperança na humanidade. Ficava exultante em saber que entre eles havia um laço unicamente afetivo, sem a deturpação que o sangue proporcionava.
Fica bastante impressionada com a capacidade persuasiva que o hacker aparentava dispor, para ser capaz de convencer um grupo tão distinto a “levantar” a bandeira de Austin.
Quando Softer termina, ela direciona um olhar agradecido para ambos.*

-Obrigada Brienne por confiar em mim, e obrigada Softer por nos ajudar. Não vi o oriental do qual falou, mas enquanto ele não chega, por favor me diga o que precisamos para realizar este ritual.
Podemos fazê-lo de imediato?


*A apreensão de Anabelle podia ser comparada a de uma criança na manhã de natal, antes que o conteúdo dos embrulhos fossem revelados.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 7:58 pm

Softer acente com a cabeça.

_Se possível agora! Você topa?

Se põe a aguardar uma resposta.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 8:07 pm

*Anabelle não pestaneja ao responder*

-Claro, imediatamente se possível. O que é necessário?
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 8:33 pm

Softer responde de imediato.

_Já temos tudo que precisamos no carro. E todos os elementos que somos nós!

Dizia se levantando e caminhando para a porta.

_Só o que me preocupa é o Luiggi, na verdade ele tem uma aversão a membros como você e Briene, ele diz que a roda da vida deve seguir de forma natural.

_Ele não deixa de estar errado, mas nem todos são do mal, ainda existe você e Briene para provar o contrário. Por sorte ele não é um fanático tonto como os outros Euthanatos.

Assim que a porta é aberta Softer diz:

_Briene, prepare os computadores...

...

Quando retorna, trazia consigo uma pequena mala, os dois magos que estavam do lado de fora e uma terceira pessoa que certamente era "See"também entram.

_Gente, essa é Anabelle...

_Anabelle, este bonitão aqui é Luiggi, essa gostosona é Dolores e esse Japa é o See!



Dolores cumprimenta Anabelle lhe beijando o rosto, See e Tarantino, eram mais reclusos e apenas meneiam a cabeça em cumprimento.

_Como tínhamos conversado, agora temos uma poderosa vidente.

Luiggi analisava o refúgio com olhares, parecia estuda-lo.

_Parece que esse lugar vai servir!

Dolores caminhava lentamente em volta da sala, admirando um pouco a beleza do lugar.

_Podemos começar? Já falou para ela? -Dizia Tarantino-

_Ainda não! -Responde Softer ainda sem jeito-

Luiggi e See se olham, agora que estavam todos ali, parecia que ambos dividiam a liderança da cabala.

_Porra Softer, você não faz nada direito! -Esbraveja Dolores que estava no canto da sala-
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 8:59 pm

*Anabelle tenta ser a melhor anfitriã possível.*

-É um imenso prazer conhecê-lo senhores.

*Retribui os beijinhos de Dolores, e observa cada um dos membros da cabala com curiosidade. Quando dolores questiona Softer ela fica curiosa*

-Não contou o que?


*Sorrindo gentilmente ela aguarda uma resposta*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 9:16 pm

O trio fitava Softer com olhares inquisitivos, parece que tinha algo mais em jogo.

_Calma gente...

_Sabe o que é... É que eu disse que se eles ajudassem você, receberiam uma ajuda em troca também. Eles precisam de uma resposta quanto a localização de uma pessoa, aqui mesmo em Austin.

_Algum problema em nos ajudar também?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 9:39 pm

*Anabelle fica calada por alguns instantes, Softer havia comentado que duas daquelas pessoas eram muitíssimo perigosas, quem seria o cainita que eles procuravam?
Ela morde o lábio inferior pensativa. Não gostaria de ter der fazer uma promessa envolvendo a integridade de outra pessoa que não a dela mesma.
Por fim ela para de girar o pingente em seu pescoço.*

- Se eu puder informar, o farei com certeza. Mas como sabem sou recém chegada na cidade.

*Anabelle se pergunta se  não seria necessária a presença de madame Dara ali.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 9:59 pm

Talvez, a presença de madame Dara seria necessário se estivessem somente com Softer, agora com os magos, talvez sua presença possa ser descartada.

_Fica tranquila, não é ninguém de sua espécie. É um tal de ruivo, ele esta envolvido com o desaparecimento dos mortais e é por eles que estamos aqui. Depois te explico.

_Mas não comenta isso com ninguém. OK?

_Bem, vamos começar!

Softer conecta a seu computador alguns eletrodos de exame.

...

Luiggi abre um espaço no meio da sala, comentava consigo em voz baixa os pontos cardeais.

_Norte, sul, leste, oeste...

Após isso olha para Anabelle, com uma expressão de: me desculpe, mas é necessário.

Com uma adaga ele rasga o carpete, fazendo um círculo perfeito.

Softer vendo o estrago diz:

_Pode abater isso do meu serviço moça! - pisca então o olho em sinal de cumplicidade-

No piso de madeira Luiggi desenha alguns símbolos desconhecidos.

No pulso de Luiggi se via um terço bizantino, denotando sua crença no deus cristão.

...

O oriental por sua vez também fazia algo; ele acendeu um incenso feito de plantas secas e enquanto em sua não se via uma conta oriental. Ele fazia uma espécie de reza.

...

Dolores por sua vez parecia injetar algo no pulso, enquanto fumava maconha.

Não demorou muito para perceber que Dolores estava sobre efeito de drogas pesadas.

_Beba! -Dizia mostrando o pulso- É necessário!

_As duas!

Briene o faz e também parece agora estar drogada.

Off: Você pode escolher beber ou não, mas tenha em mente que faz parte do ritual.

...

Softer ditava freneticamente algo em seu computador. Quando Luiggi começou a ditar as posições.

_Softer aqui, See no leste, Dolores no oeste e eu no sul.

_Briene e Anabelle no centro!



avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Anabelle em Sex Jun 10, 2016 10:32 pm

*Anabelle nada  diz, reluta apenas no momento que Dolores estende seu pulso, mas aquilo seria pelo bem da cidade. Depois de alguns instantes de indecisão ela suspira e sorve o vitae que escorria pelo pulso da jovem.
Após isso toma o lugar indicado pelo italiano.
Seu olhar capta cada detalhe daquele intrincado ritual.*
avatar
Anabelle

Mensagens : 80
Data de inscrição : 05/03/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Narrador em Sex Jun 10, 2016 11:02 pm

Softer se aproxima e coloca os eletrodos na têmpora de Anabelle, após isso na de Briene, Luiggi, Dolores, See e em si próprio.

Luiggi então abre a contagem.

_Três, dois, um...

...

Uma imensa escuridão toma conta do local, enquanto a filha de Malkav entrou em uma espécie de transe.

O sangue mágico aguça suas habilidades de loucura e também se acentua por conta das drogas fortes que ingeriu.

...

Em um dado momento sente seus sentidos se expandirem de uma forma abrupta, isso lhe deixa nervosa, não estava acostumada a tamanha representação de poder.

Quando parecia que iria perder o controle de suas ações, uma voz lhe acalma.

_Estamos aqui!

_Agora se concentre...

A percepção da rede Malkaviana se expande, e Briene lhe da a mão. A vampira sente todas as atrocidades que seus irmãos caídos cometiam na cidade, consegue precisar que eles estão em torno de cinco na cidade, em pontos distintos.

_Não é isso que estamos procurando Anabelle, foco! -Dizia Luiggi-

...

Após isso seu corpo é transportado até um lugar da cidade, era uma represa.

Quatro homens negros são vistos, carregando um artefato explosivo, enquanto outros quatro davam cobertura.

Estavam próximos a um veículo, um caminhão, com slogan da empresa de eletricidade local, Anabelle caminha para trás dele e enxerga a placa: XXX XXX.

Após isso nota que o tempo passa veloz e parte da cidade estava alagada, William Redingtton estava frustrado com algo, enquanto dizia a alguém por telefone que não tinha conseguido chegar a tempo.

Com a cidade as escuras, o sabá conseguiu efetuar parte de seus planos e instaurar o caos.

...

Uma mão lhe segura pelo braço, Anabelle reconhece um sorriso acolhedor, era See.

_Vamos voltar, já temos o que precisamos!

...

Como em um filme sendo retrocedido, Anabelle retorna a seu corpo.

O efeito da droga se foi, mas neste momento tinha o que precisava.

Dolores se contorcia de dor, e See levava também a mão a cabeça.

Softer vomitava na lixeira enquanto Briene perguntava se estava tudo bem. Softer pede para mocinha se afastar enquanto explicava.

_É o paradoxo!

_Fizemos um ritual, nossa mágica é uma agressão a realidade e ela nos cobrou o preço...

_Poderia ter sido pior se vocês não participassem, poderíamos até estar morto. Por isso a gente precisa da vidente.



avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Empire Pawnshop-Loja de penhores

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 3 Anterior  1, 2, 3  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum