Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Página 2 de 28 Anterior  1, 2, 3 ... 15 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 11:28 am

Manter dois mortais vivos e em condições de ser drenado todo o dia era uma tarefa difícil. Eventualmente Seraph tinha que ceder de sua própria vitae para manter o corpo deles em condições de uso.

As veias do braço de ambos os loucos estavam estouradas de tanto receberem remédio nas veias e transfusão de sangue para supri a perda de sangue que ocorria como rebanho.

Quando Seraph sorve do humano ele se excita chegando até a ejacular. A tempos estes dois não tinham uma boa foda e a momento em que se excitavam eventualmente isso acontecia.

Seraph ignora o ocorrido e deixa os dois para trás. Jimmy que era o mais sentimental diz em um tom de choro.

_Não se vá senhor, agora é a minha vez, ainda é cedo senhor... NÃO, NÃO, NÃOOOO...

A porta se fecha e os gritos são deixados para trás, a sala era completamente anti ruídos.

...

O vampiro finalmente sai do Elísio seguindo pelo caminho destinado a membros.

Inicia fazendo uma busca pelo quarteirão e somente na volta que deu ao quarteirão notou que duas duplas de guarda passou caminhando, e outras três patrulhas passaram de carro.

OFF: Caso queira realmente iniciar uma busca profunda do sumiço, faca um teste de Percepção+Manha dificuldade 10
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Seraph em Qua Nov 25, 2015 2:03 pm

Gasto 1 de FV para esse teste

avatar
Seraph

Mensagens : 325
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qua Nov 25, 2015 4:28 pm

William veio pelas ruas de Austin dentro de seu carro, guiado por seu fiel amigo Zaki, durante todo o percurso, o Ventrue conversou sobre o que havia visto dentro daquele estabelecimento com seu Lacaio, maneira também de alerta-lo para ficar atento e redobrar as medidas de segurança.

....

Por fim finalmente estavam a frente do Capitólio, William olhava através da janela fechada por alguns segundos a construção admirando a arquitetura e o quão seguro aquele lugar era. Porém, foi interrompido por Zaki, que abria sua porta para o ventrue pudesse descer, sendo assim William saia do carro e respirava fundo como um mortal olhando em volta por alguns segundos enquanto o Lacaio batia a porta do carro, logo após o trancando-o e ativando o alarme. William então caminhava em direção ao Capitólio, seguido por Zaki, que mantinha a postura de um Guarda-Costas do Ventrue.

William já conhecia os procedimentos de segurança, assim bem como Zaki, ambos tinham de passar por aquilo sempre que iam até o Capitólio, todas os procedimentos eram vistos com bons olhos pelo Ventrue, que apesar de saber da compulsão por segurança do Príncipe, achava-a deveras pertinente para manter a segurança dos membros.

William então aguardava os procedimentos, para prosseguir junto de Zaki.

avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 5:03 pm

Narração - Seraph - William

Seraph tem uma ideia e se lembra que na cidade tinha uma setita. Sabe a má fama deste clã e do que são capazes e talvez fosse melhor começar por ela.

...

William vê ao longe um homem caminhando de forma pensativa, o local era bastante iluminado e sem maiores problemas identifica como sendo a Cria do príncipe Ethan.

Ele mantinha a mesma expressão de sempre, como um autista preso em seu mundo.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Seraph em Qua Nov 25, 2015 5:56 pm

*Ao lembrar da Seita, me vem a cabeça a personificação do mal bíblico em forma de serpente, e alguns atribuem todo o mal da humanidade a Eva por ter levado o idiota do Adão a fazer o que ela queria. Agora lidar com uma MULHER e uma SETITA!!!! DEPOIS DIZEM QUE EU QUE SOU MALUCO HJHUAHUAHUA.*

*Lembrava de onde ela ficava, coloco meu óculos escuro e sigo ao local.*

*Ao chegar perto de William, paro em sua frente como se estivesse fitando algo invisível, e olhando como os cachorros fazem quando giram a cabeça de um lado para o outro.*
avatar
Seraph

Mensagens : 325
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qua Nov 25, 2015 6:07 pm

William-Narração-Seraph.

William se aproximou da cria do Príncipe, que mantinha sua expressão costumeira e com um sorriso nos lábios disse:

-Boa noite!

Seraph sabia de quem se tratava, William era um vampiro conhecido, sabia que por trás daquele sorriso simpático vindo do Ventrue, se escondia um monstro que fez muitos membros chama-lo de Carrasco, alcunha que foi vista várias vezes por seu Senhor em ação e o fez aceitar a indicação feita pelo Xerife em torna-lo Algoz de Austin.

William se manteve fitando o Malkaviano e antes mesmo que ele pudesse responder o seu boa noite, concluiu:

-Com sua licença meu caro, tenho assuntos para com o Príncipe que são urgentes.

O Ventrue manteve o sorriso, dando as costas para o Malkaviano e seguindo para dentro do Capitólio, sem fazer muitas cerimônias.
avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Seraph em Qua Nov 25, 2015 6:42 pm

*Quando o Ventrue passa por mim eu falo em voz alta...*

-Cuidado com aquele que o faz cego mesno podendo ver, ter algo mão nao signifca possuir alguma coisa.

*Quando ele se vira, ja não mais estou ali. Me afastei usando ofuscação.*
avatar
Seraph

Mensagens : 325
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qua Nov 25, 2015 7:06 pm

William-Narração


O Ventrue ignorou o que a cria do Príncipe falou, era só mais um lunático que não teve a sorte de ser agraciado por uma loucura na qual fosse útil para a sociedade na visão de William.

...

William ao entrar levantou seu chapéu com um sorriso para Emma, o Ventrue sabia bem como deveria tratar as Harpias, principalmente as de seu próprio clã, seu tratamento era o mais cordial possível e enquanto colocava o chapéu na cabeça, logo após segurou sua mão lhe dando um singelo beijo sobre ela, enquanto dizia como se revesse uma velha conhecida:

-Boa noite minha doce Emma, como tem passado?

-As noites se passam e a não-vida, só a presenteia com mais beleza não é mesmo?

William sabia bem como usava suas palavra, é isso que garante seu sucesso e também o que esconde o monstro que ele verdadeiramente é. Ouviu as palavra da Harpia, enquanto soltava a mão da mesma delicadamente a olhando com uma expressão de interessado no que ela tinha a dizer, então o Ventrue dizia:

-Há uma certa urgência minha cara, mas não irei atrapalhar o Príncipe.

-Posso esperar um pouco ainda até que eles concluam seus assuntos, caso demorem demais eu pedirei que os interrompa.

William estendeu seu braço para Emma, convidando-a para caminhar com ele pelos corredores enquanto a questionava em uma conversa que parecia casual:

-Então minha cara, o que as Harpias andam dizendo na cidade?

-As noites tem sido curtas enquanto estou atolado em meio a trabalho e eu tenho ficado por fora das ultimas fofocas dos membros na cidade.

Caso a Harpia tenha tomado o braço de William, ele se mantinha caminhando em passos lentos pelos corredores em uma conversa descontraída, seguido por seu lacaio inseparável Zaki.
avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 7:45 pm

Seraph sente uma certa dificuldade em usar seus poderes de sangue, pois a única sombra que encontra em todo quarteirão é a sua própria e dos senhores que acabara de cruzar seu caminho e ainda assim de forma bem fraca.

A paranóia do príncipe e fissura por segurança fez com que luzes fossem emitidas de todos os lados, talvez, justamente para dificultar ou coibir este tipo de poder ou mesmo outros de origem la sombra. Era terrivelmente formidável.

Por sorte o algoz e seu escravo de sangue parece ter ignorado sua fala, ou a esta altura do campeonato poderia estar bem enrascado.
O negro apenas olha para trás, mas volta a olhar para frente ao não perceber perigo.

O vampiro também acaba respirando aliviado ao ver que falhou na ofuscação, pois dois dos guardas que viu outrora acabou de virar a esquina.
Deveria tomar mais cuidado com a máscara da próxima vez.

...

O malkaviano seguia sua intuição que era de certificar o antro da velha serpente, mas não sabia onde ela morava e como procurar por ela. Isso poderia demorar muito tempo.



avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 8:09 pm

Emma aceita toda demonstração de afeto de muito bom grado, ela era uma verdadeira dama e completamente voltada ao lado social da família.

As vezes sua língua era ferina demais, como no episódio com Bóris, que por sinal levou a pior e recebeu a devida lição. Todavia ela era uma arma poderosa e ter como aliada e trata-la bem, poderia lhe render um status positivo para com os membros do feudo.

William não tinha medo de se sujar, caso contrário não teria aceitado o cargo que parece ter lhe caído muito bem.

Quando o algoz começa a falar a vampira parece se atentar ao que dizia e indica que o algoz iniciou muito bem em seus elogios.

Emma se sente feliz pelos atributos de bem informada e por ter sido procurada pelo algoz, mesmo essa sendo uma escolha secundária, afinal, ele estava ali para ver o príncipe.

Mas ela se comporta como se esta fosse uma conversa deveras interessante, era bom exercitar sua lábia e estreitar a interação para com os membros de seu clã.

Um pequeno furo ou talvez frases mal escolhidas faz com que a ventrue faça uma cara não muito boa. Mas logo se recompõe e encara a situação como uma brincadeira.

_Senhor Reddigton, assim você acaba me ofendendo. Não somos fofoqueiros, somos apenas bem informados.

_Olha para minha cara, eu pareço uma fofoqueira? Se estivesse falando de Maxmiliana eu bem que entenderia rsrs.

A vampira que sem querer acabou por parar a caminhada para fazer a pergunta de forma compenetrada torna a dizer.

_O assunto que tenho é o que todos já estão fartos de saber; a festa da primogenita Toreadora... Essa notícia espalhou como uma doença e esta na boca de todos do feudo.

A cara da ventrue era de puro descontentamento.

_Posso te falar uma coisa, mas o senhor deve me jurar que vai pensar no assunto...


Última edição por Narrador em Qua Nov 25, 2015 8:30 pm, editado 3 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Luciano Del Toro em Qua Nov 25, 2015 8:12 pm

*Luciano espera o chá de Sereena chegar.
Enquanto esperam, ambos refazem planos futuros e como Sereena poderia se mover por causa disso.
Finalmente a hora de ver Ethan tinha chegado, então quando vieram perguntar se ele estava pronto, ele apenas respondeu.*

- Sereena minha querida, fique aqui sim? Tentarei não demorar, infelizmente esse assunto só pode ser discutido por mim e por Ethan.

*Sereena sabia que o Lasombra não tinha o porque explicar, mas o que ele fez foi algo novo também.
O Lasombra se levanta e faz menção para que mostre o caminho.*
avatar
Luciano Del Toro

Mensagens : 26
Data de inscrição : 19/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qua Nov 25, 2015 8:36 pm

William-Narração


William da um sorriso quando a mesma se sentiu ofendida com seu comentário, então o Ventrue tocou o braço da Harpia enquanto dizia com uma voz calma, mostrando que foi mal interpretado:

-Me desculpe se lhe ofendi minha cara, jamais teria intenção de ofender uma dama como a senhorita.

-Só quis dizer que eu mesmo estou por fora das fofocas dos membros, devido ao trabalho.

-Sei bem que a função que empenha nesta cidade é essencial para todos, assim como uma grande jornalista que leva a informação pra o povo.

Ele ouve as palavras sobre Maxmilliana e sorri juntamente com a Vampira com a leve piada que vinha apenas para alfinetar a companheira Harpia, enquanto dizia:

-Realmente, a senhorita jamais me pareceu ter uma cara de uma fofoqueira e sim de uma Lady Inglesa dos meus velhos tempos nas quais ainda criança suspirei por várias.

Então se deteve na caminhada junto da Ventrue e assentiu com a cabeça concordando:

-De fato, a Senhorita Kayle está promovendo esse Baile e a notícia se espalhou como uma peste.

Vendo a cara de descontentamento da Ventrue, William então leva a mão no rosto da Ventrue, lentamente como um cavalheiro que tivesse tocando pela primeira vez uma dama com o receio de ser mal interpretado por ela, porém prosseguiu e a tocou no rosto dizendo enquanto sorria:

-Tire esse olhar do rosto minha querida, seus olhos me são muito mais interessantes e belos quando se tem um olhar curioso nele.

William então para de tocar o rosto da vampira e a conduz a caminhar novamente, quando ela lhe diz que quer lhe falar algo o Algoz apenas meneava a cabeça dizendo:

-Sim, claro minha querida..

-Eu sempre penso em tudo que a senhorita me fala..

Olhou então novamente com um sorriso e disse:

-Então, conte-me mi lady..
avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Seraph em Qua Nov 25, 2015 9:08 pm

*Seraph depois de esbarrar com o Engomadinho que pensa que sua bunda cheira a rosas, segue em direção ao seu objetivo, quando de repente, ele para do nada esbugalhando os olhos....*

-Como eu vou chegar lá se não faço a mínima ideia de onde fica, PARECE MALUCO PORRA!

*Fica parado como uma estátua por alguns minutos pensando no que fazer..... Só tem um jeito, pedir ajuda aos "universitários".*

*Seraph era tão ligado a teia que quando um Malkaviano morria em Austin, ele escutava seus gritos e lamurios de morte. Quem sabe não conseguia algo.*

"Seraph rolls 6 dice to Tempo Malkaviano 5,10,8,10,8, 4 [4 successes]"
avatar
Seraph

Mensagens : 325
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 9:12 pm

A harpia conduz o la sombra até o príncipe que o aguardava.

_Peça que ele entre...-Ouviu-se a voz imperiosa do príncipe-

Assim que entra o primogeno nota que o príncipe não estava sentado na mesa, ele estava disposto em um canto da sala de reuniões pendurando uma bela espada de duas mãos ao qual acabara de polir.

Parece que ele usou o tempo livre para se dedicar a seu armamento.

Com um sorriso o vampiro olha para o recém nomeado primogeno e diz:

_Por favor senhor Del Toro, sente-se!

O vampiro era muito carismático e receptivo. Logo ele se senta também e sela o início da reunião com um aperto de mão.

_Então, conte-me o que lhe incomoda...


Última edição por Narrador em Qua Nov 25, 2015 9:38 pm, editado 1 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 9:33 pm

A ventrue parece gostar bastante das carícias e cuidado que recebe de seu parente de clã. Era notável que ela gostou bastante do rumo que a conversa havia tomado.

Quando o ventrue se explica e parece ter caído em sua graça ela diz de modo faceiro.

_Entendi perfeitamente... Estava apenas brincando... Também não me leve a mal, sei que não me magoaria de propósito.

_Somos de uma casta seleta onde sabemos nos tratar de forma decente e cordial.

O assunto relativo ao pequeno mal entendido já estava solucionado, no fim, ela pareceu até ter gostado.

_Então querido algoz, cá entre nós, estou me sentindo um pouco... *Ela faz uma cara de que tinha lhe fugido a palavra, mas todo esse drama apenas aguça a curiosidade do ventrue* Não seria recalcada...

_Enciumada, acho que é isso!

_Nosso clã nessa cidade é muito ocupado com a segurança, mas longe de mim dizer que não devemos nos preocupar com isso, jamais. Mas por exemplo, como o senhor mesmo disse, é atarefado por demais e nosso primogeno que acumula o cargo de xerife também... Em nosso feudo restou eu e o neófito, minha cria, o Benjamin.

_Onde quero chegar, é que acho que não nos reunimos o bastante e isso tem um motivo, claro, todavia isso faz com que percamos terreno para clãs como o da rosa por exemplo.

_Então, hoje eu estou fazendo uma função de zeladora e este cargo esta vago ainda. Se o senhor me ajudasse a subir mais este degrau, usando de sua influência para com o príncipe e com o xerife, prometo que não vou decepcionar.

_Se isso acontecesse, o clã das rosas se enfraqueceria e os ventrue se estabeleceriam como sendo verdadeiramente o clã voltado por completo para segurança do Elísio e de todos.
Usado também faria com que nosso clã tivesse maior contato e nos veríamos com maior freqüência, etc.

_O que me diz?

A vampira olhava olho no olho do algoz.

_A tá, já ia me esquecendo... Isso não é uma ordem que deva se cumprida de imediato, quem sou eu para exigir isso do senhor, é uma ambição somente.

_Agora sim, o que me diz?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qua Nov 25, 2015 11:14 pm

Ao usar a rede o vampiro sente tanto o benefício que ela fornece quanto o perigo que ela pode representar.

Lidar com membros loucos em uma rede de informação pode não ser uma boa idéia para se iniciar uma busca, mas era o que tinha para hoje.

O primeiro a responder é Tobin Trust um fanático pela causa anarquista, renegado do principado de Ethan.

"_Eu posso lhe ajudar, mas tudo tem um preço... Que tal sangue? Que tal o seu? "

A segunda pessoa a responder é sua irmã.

"_Credo, o que você quer fazer na casa dessa megera? Bom, não vou discutir com você, gosto é gosto né!

_Eu teria como conseguir esse endereço pra você, mas no momento estou longe de casa!"

O terceiro a responder é novo na rede e não se sabe muito bem quem é, ele apenas responde com uma risada estridente que chega a arrepiar.

O Quarto e último a responder é Briane, um ancillae do feudo conhecida por suas habilidades hacker.

"_Tudo que sei é que é no centro da cidade em uma loja esotérica. Descobri o esconderijo dela por acaso faz uns dois meses atrás enquanto caçava.

_A situação por lá anda bem movimentada, e algo de estranho está acontecendo, isso eu lhe asseguro. Caso tenha mesmo que ir lá, tenha muito cuidado.

_Ah, esqueci, não tenho o endereço, mas não estou muito longe do centro, posso te dizer tudo direitinho em meia hora."

Segundos após isso o celular de Seraph toca. Era sua irmã.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Seraph em Qua Nov 25, 2015 11:42 pm

*Respondendo a Briane*

-Eu aguardo sim, preciso desse endereço, obrigado.

*Respondendo a minha irmã*

-O que você quer ?
avatar
Seraph

Mensagens : 325
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Luciano Del Toro em Qui Nov 26, 2015 12:14 am

*Luciano aperta a não do principe e se senta.
Quand o principe pergunta, Luciano observa Ethan e finalmente começa*

- Vou direto ao assunto, primeiramente gostaria de parabenizar o senhor pela instalação da porta na entrada do elisium, com certeza é uma otima vantagem contra certos tipos de membros.

*O lasombra não demonstrava nenhuma emoção, mas o malkavinao podia sentir que ele dizia a verdade.*

- Sobre a permissão de criar uma progenie, eu tenho certeza que Sereena minha carniçal de anos, é uma escolha perfeita e tenho ceteza que ela será de muita ajuda para nós aqui na cidade e para a Camarilla, afinal somos poucos na Torre De Marfin.

- Por isso pedi essa reunião com vossa excelencia hoje, gostaria de avisar pessoalmente, e avisar que será hoje o abraço dela. Isso é tudo Ethan.

*O Lasombra tinha libertade de chamar o principe pelo primeiro nome, Ethan sabia que podia confiar no Lasombra e que ele faria de tudo para manter a cidade em ordem, ele ja tinha provado para a Camarilla e para os outros clans que era um membro notavel e único nas fileiras.
Luciano então aguarda a resposta do principe.*
avatar
Luciano Del Toro

Mensagens : 26
Data de inscrição : 19/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qui Nov 26, 2015 1:15 am

William-Narração


William sorriu vendo que suas carícias e palavras doces agradaram a Ventrue, aquilo era um bom sinal, cair nas graças de uma Harpia era um passo importante que um membro com ambições devia tomar.

...

Ele ouviu as palavras da Harpia, se mantendo em silêncio, porém demonstrando um olhar curioso e interessado em tudo que ela dizia. De fato ela estava enciumada com algo tolo ao olhos de William, porém, ela era uma mulher e não importava se era uma Vampira ou não, ainda sim uma mulher, com esse pensamento ele sorriu como quem tivesse diante de algo engraçado, porém sem deixar que seu sorriso ofendesse sua companheira de clã.

De fato, William poderia ajudar a Harpia a trilhar alguns degraus rumo a um melhor cargo, porém, isso como tudo em uma relação com o William teria um preço. Então tocou o rosto da Ventrue enquanto apenas afirmou:

-Eu entendo seu ciumes quanto a isso minha querida.

Então diminuiu o passo, andando lentamente, enquanto também diminuía a próprio tom de voz dizendo:

-Eu pensarei no seu pedido e prometo, que conversarei com Crane a respeito...

Então com uma voz em um tom sério, tom de um verdadeiro homem perigoso, que de fato William era:

-E quanto a me decepcionar, acredito que não o fará, você é uma irmã de clã esperta e se tornou Harpia por isso, então sabe bem que pessoas que me decepcionam, fazem minha alcunha de carrasco se reforçar.

Ele então voltou a sorrir, tocando o queixo da Ventrue dizendo agora com uma voz doce completamente diferente da anterior:

-E não é o seu caso não é mesmo minha cara?

Então William pousou sua mão no braço de Emma e concluiu:

-Providenciarei um encontro para conversarmos melhor a sós sobre isso...

-Afinal, também lhe farei um pedido em troca do favor...

-De acordo?

O Ventrue enquanto esperava a resposta da Harpia, colocou a sua outra mão no seu bolso e puxou seu relógio de bolso, verificando as horas, por fim, sussurrando pra si mesmo

-Será que demorarão muito lá dentro?

avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qui Nov 26, 2015 1:29 am

O príncipe fica pensativo por um instante, parecia estar em outro mundo. O mesmo coça o queixo com as costas da mão.

Sua expressão era serena.

_Não vejo problema algum nisso Luciano.

_Falando fracamente, esta sua carniçal é invejável.

Dizia com um sorriso no rosto, que logo se modifica para algo sério.

_Eu tenho muito zelo pela segurança da cidade e também agradeço pela sua observação quanto a porta. Espero nunca ter que usa-la, mas caso seja necessário, ela será muito útil.

_Acho que agora posso verdadeiramente chamar você de Primogeno La Sombra. Estimo uma excelente primogenitura e tal qual Jacó, chamado depois de um bom tempo de Israel, venha honrar seu posto ao qual tanto batalhou por ele.

_Sei bem do sacrifício que está fazendo cedendo uma carniçal deste porte ao feudo, mas espero que entenda que é para uma boa manteneção da cidade e nosso crescimento e evolução.

Se cala.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qui Nov 26, 2015 3:09 pm

Narração - Luciano - William

Não demora muito e Luciano sai de dentro da sala de reuniões do príncipe.

O mesmo tinha o costume de acompanhar seus convidados até a porta de saída, mas ao perceber que William estava na espera e de forma inopinada, o príncipe arregala os olhos por um breve período.

_Eeerr, senhor Luciano, eu iria acompanhar o senhor até a saída, mas parece que tenho um assunto que carece de minha atenção.

_Emma, por gentileza, acompanhe meu convidado até a saída. Mil Perdões senhor Del Toro!

Emma parece que foi salva de responder uma pergunta tão constrangedora de William. Ela se despede com o olhar do mesmo fazendo o que lhe foi solicitado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Narrador em Qui Nov 26, 2015 3:29 pm

Narração - Seraph

**Ligação**

Max diz em um tom brando.

_Acalme-se, se for realmente importante para você saber onde fica esse endereço eu posso lhe passar o endereço.

_Você vai até meu quarto, e vai digitar a seguinte senha: 152745632100

_Lá dentro você vai até minha cabeceira, abre a terceira gaveta, lá irá encontrar três agendas.

_A marrom do ano de 2013 esta o endereço do refúgio de todos os membros da seita. Pegue somente o que me pediu.

_Faço isso por que te amo e por que somos irmãos, por isso confio que você apenas pegue somente o que me pediu.

_Entendeu?

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qui Nov 26, 2015 4:45 pm

William-Narração-Luciano


William esperava a resposta da Harpia quando as porta da sala do Príncipe se abriram, enquanto ele e mais um membro saiam. Enquanto os dois se aproximavam, o ventrue mantinha sua uma expressão com um leve sorriso, de fato olhar para Reddington era como se ver um velho conhecido, além disso ele fazia questão de manter um a expressão de boa praça quase a todo momento.

William ouviu as ordens do Príncipe para Emma, que acabou a salvando-a de prosseguir a conversa que estavam tendo. Com um sorriso, o Ventrue segurou a mão da Harpia lhe dando um leve beijo sobre ela enquanto dizia:

-Foi um prazer revê-la Senhorita Emma, continuaremos nossa conversa em breve!

Voltou então seu olhar para o Príncipe e para Luciano e ergueu o chapéu em uma saudação rápida dizendo:

-Senhores!

-Muito boa noite!

Então pousou o chapéu novamente em sua cabeça, enquanto voltava seu olhar para Zaki dizendo:

-Acompanhe a Senhorita Emma e Luciano, como compensação por eu ter atrapalhado a despedida do Príncipe como um bom anfitrião.

-Depois volte e fique próximo a porta de guarda até que eu tenha acabado os assuntos por aqui.
Então voltou seu olhar para o Príncipe dizendo em um tom mais ameno:

-Peço desculpas pelo incomodo, mas tenho alguns assuntos que é de seu interesse.

William era um homem muito bem educado, sua postura era exatamente de um Lord Inglês, que de fato ele fora durante sua vida mortal. O ventrue voltou seu olhar para Luciano, fazendo uma leve reverencia para o mesmo enquanto dizia:

-É um prazer vê-lo Senhor Del Toro!

-Teremos muitas oportunidades de conversar, mas por hora peço sua licença.

William falava de maneira muito cordial com o La Sombra, sabia bem que ele se tornaria de fato o Primógeno de fato em Austin e pretendia manter boas relações com os representantes dos clã na cidade, como Algoz era o mínimo que William deveria fazer para evitar problemas maiores quando tivesse que dar cabo de algum membro na cidade.

Por fim, olhou para o Príncipe dizendo:

-Podemos meu amigo?

Então aguardou a despedida de todos e também as ordens do próprio Príncipe para segui-lo ou não.
avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Natação Luciano - William

Mensagem por Narrador em Qui Nov 26, 2015 5:00 pm

Luciano estava a par de todos os cargos que existia naquele principado, inclusive daquele ventrue que surgiu como por encanto sem ser convidado nos corredores do Elísio.

O fato era que aquele homem não precisava de convite ou hora marcada para estar ali, ele era o algoz e trabalhava diretamente para o príncipe.

Porém se ele surgiu do nada, algum problema tinha, e era só questão de tempo para a notícia explodir como uma bomba.

Do outro lado o ventrue pode notar que aquele era Luciano e que ele fez parte do principado de Queen Anne e por lá adquiriu muito respeito e consideração.

A própria vampira no período que ele chegou cuidou para que a aliança e respeito que ela tinha para com ele, perdurasse entre todos os ventrues da cidade. Ela ligou pessoalmente.

Porém a amizade é uma via de mão dupla e ambos compreendem isso perfeitamente.

...

Quando William se despede de Emma, ela acente com a cabeça e diz:

_Certamente...

...

O príncipe convida William a adentrar sua sala e ao fechar a porta atrás de si diz:

_Eu queria te dizer bem vindo algoz, de coração, mas nunca poderei dizer tal saudação...

_Estou correto?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1230
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por William Reddington em Qui Nov 26, 2015 5:35 pm

William-Narração


William se despediu de todos com um breve aceno e então acompanhou o Príncipe até sua sala, ali o Ventrue se sentou em uma das poltronas que ficava a frente da mesa do Malkaviano. Após ouvir as palavras do Príncipe,William assentiu com a cabeça respondendo:

-Infelizmente está correto meu amigo.

-O cargo que ocupo não me trás apenas o prazer pessoal de punir infratores de nossa seita, mas também me dá o triste trabalho de ser portador de más notícias.

William fazia uma pequena pausa, o Ventrue escolhia as palavras que usaria para dar a notícia, sabia que o quão afrissurado por segurança o Malkaviano era, pórém, vendo que não tinha jeito apenas começou de forma direta:

-Durante o dia de hoje, houve um incidente no Centro, mais precisamente no Cassino El Camino..

-Parece que o lugar foi alvo de um ataque Sabá, porém, já conseguimos fazer que tudo parecesse um acidente.

William então fez uma breve pausa, enquanto tirava o celular do bolso, colocando na foto da criatura enquanto continuava:

-O incidente foi mais que um ato de vandalismo, Crane e eu acreditamos que tenha sido um recado, um aviso que uma guerra está vindo.

-E deixaram isso aqui no lugar para mostrar isso....

William então estendeu o celular para o Príncipe, ver com os próprios olhos a criatura nas imagens do celular, fez uma pausa silenciosa e logo depois continuou seu relato:

-Como pode ver é um relógio obra de Tzimices e tiveram um senso de humor um tanto peculiar em desovarem essa criatura dentro do Cassino El Camino, que ostenta como identidade visual o rosto de um demônio.

William cruzou as pernas retirando o chapéu enquanto fitava o Príncipe prosseguindo:

-A boa notícia é que parece que fizeram isso apenas para mandar um recado para o Senhor, então fizeram tudo de forma discreta, exceto pelo que fizeram depois com o estabelecimento em si.

-Mas parece que o Gado em si, não teve conhecimento do que aconteceu, já que os nossos homens interferiram a mando de Crane afastando os curiosos.

William ajeitou ajeitou a própria gravata enquanto pensava se estava esquecendo de algo, por fim se lembrou do destino da criatura e disse:

-Bóris e seus homens levaram a criatura para o porto, parece que ele tem muito mais recursos para ocultar esse relógio humano, então está em sua posse até então.

O Algoz então se cala, esperaria as palavras do Príncipe diante de tudo que ele tinha falado até então, para que pudesse então continuar.
avatar
William Reddington

Mensagens : 227
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio - Capitólio estadual do Texas (Austin)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 28 Anterior  1, 2, 3 ... 15 ... 28  Seguinte

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum