Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Sex Ago 03, 2018 5:47 pm

Kat teve um dia tranquilo e um início de noite de sono agradável e segura(são exatos 20:00), mas também não era por menos, este era um dos locais mais seguro de Austin. Contavam com uma infraestrutura boa e mais de 100 homens só com olhos atentos voltados a este local. Também estavam a cerca de poucos km do Elísio principal; o Capitólio, e seu quarto te dava essa visão ao abrir as janelas, era impressionante, parecia que os três Elísio formavam um triângulo exato e isso tornava o Centro de Austin um local inviolável.

Hoje você contaria com a presença da comitiva de segurança de membros da cidade. Ethan viria pessoalmente entre estes membros, assim como o excêntrico zelador Albatroz e sua acompanhante de todos as horas, sua esposa nosferatu, sim isso mesmo, uma rosa e uma leprosa... Contaria também com a presença do xerife de seu clã que acumulava a primogenitura, e o algoz de Ethan, sua cria esquisita; que atende pelo codinome Seraph.

Você estava a 3 horas exatas desta chegada e como responsável deste encontro, ainda precisava conferir algumas questões, William Redinngthon não admitiria falhas e pior ainda, seu senhor não admitiria também. Jan Pieterzon disse que viria pessoalmente a este encontro que ocorreria na próxima noite, mas pediu sigilo a você.

Conhecendo bem este membro e sua fixação por segurança, ele já deve estar na cidade a pelo menos uma semana. Todavia não deu sinal de vida a você e parece que não o fará pelo visto.

O chefe da segurança estava no quarto que você dormia, ele sempre era o primeiro a lhe dar o Boa noite.

_Boa noite senhorita, teve um bom sono?
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Sab Ago 04, 2018 5:11 am

A voz de seu carniçal era a mais doce possivel,
ele sempre tinha um cuidado absoluto ao lidar com ela, tinha sido designado a cuidar de sua segurança pelo Jan Pieterzoon, e desde então formavam um dupla inseparável.

_ Boa noite... Tive um ótimo sono, apesar de preferir acordar em Vegas...

Se levanta sorrindo, por incrivel que pareça a Ventrue em momentos mais tensos mantinha o melhor do seu humor. Ainda trajando lingerie ela desfila pelo quarto despertando a libido ainda existente no homem.

_ Vamos Noah, preciso dos relatórios diários e tudo de relevante que tenha acontecido na cidade, tenho que me preparar para aguentar os "grandes" essa noite, não vai ser fácil e se tudo der certo, mais uma cidade estará sob o nosso controle.

Dá uma piscada de olho a ele e sem pudor algum ela fica nua, indo em direção ao luxuoso banheiro, fazendo sinal para que ele o acompanhe.
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Sab Ago 04, 2018 9:27 pm

O servo não era um homem bonito, já aparentava ter próximo a seus cinquenta anos, mas era do tipo vistoso, algo atraía a atenção para ele, especialmente aquelas mulheres que curtiam os homens mais velhos.


_Trago as seguintes novidades:

-Aconteceu no final do dia uma tempestade estranha, foi tudo muito de repente. Tivemos mortos entre o rebanho, tivemos destruição na cidade e gente desaparecida. Estas chuvas e tempestade é comum na cidade, ocorre em média a cada 2 anos, mas parece que desta vez veio arrasando com tudo; eram ventos fortes, tão forte que quebrou algumas vidraças do hotel e eu quase tive a impressão de que o mesmo balançou levemente. O fundo do governo já foi liberado para ajudar aos necessitados, e parece que isso aplacou um pouco o sentimento de perda dos mortais.

-Também levantei informações sobre Crane(antigo xerife ventrue) e pelo que pareceu ele estava mesmo errado. Ninguém que esteve lá no dia quer falar sobre isso, mas uma gangrel resolveu cooperar em troca de uma audiência com vossa mercê. Foi difícil encontrar a antiga primigenie, mas ela disse estar disposta a cooperar em troca de um serviço a altura. Deixo ao cargo da senhora esta questão...

-William, nosso amado xerife disse através de sua serviçal que estaria aqui pontualmente às 21hs, mas voltou atrás no início da noite e disse que atrasaria em meia hora por conta da notória interpérie que assolou a cidade, o trânsito está de fato nebuloso na cidade, tivemos um black-out de 5 minutos, a energia voltou Inicialmente falhando, mas reestabeleceu rapidamente minutos depois.

-Quanto a rivais em nosso negócio, parece que os Giovanni não são mais problema, mas em contrapartida os serpentes vem ganhando espaço. Parece que eles tem o aval do Príncipe para atuarem na fronteira do Leste com a região Central da cidade, do lado oposto ao que seria a capela tremere, quase no mesmo lugar geograficamente falando. Ethan é um Príncipe curioso, ele realmente se cerca de poder, mas cada passo seu é medido de forma estratégica. Aos poucos a impressão de que um Príncipe Malkaviano é um péssimo administrador, vai sendo deixado de lado por mim.

-Por fim, cara senhora, como seu conselheiro particular, sugiro uma aproximação imediata do xerife, que também acumula função de primogenitura. Bem, ele não é um cara que tolera ser invasivo, mas parece ter um ponto fraco com as mulheres. Ele é galante e corteja bem aquelas que permitem se aproximar; ou ele é de fato um estúpido, ou é mesmo um excelente jogador, que usa o que tem, para conseguir o que quer. Eu, acredito piamente na última hipótese.

Sim, de fato William era galanteador, ele assim que te conheceu lhe beijou as mãos e cumpriu todo protocolo, mas seu faro para problemas te incomodou e denunciou o quanto este homem era perigoso.

_O senhor Pieterzon finalmente ligou, ou melhor, uma de suas acessoras; Jhordan disse que ele viria, e que era para deixar o heliponto reservado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Dom Ago 05, 2018 4:08 pm

Katherinna já tinha terminado seu banho "relaxante", o que na verdade para ela era um ritual, banheira com sais e água quente, era o momento que ela se concentrava para os afazeres da noite, agora enrolada em um robe de seda, analisa cada palavra dita por Noah. Vai até o enorme closed feito para ela e escolhe suas vestimentas.

Parecia uma humana no ritual, mas seu servo sabia que seu cérebro não parava de funcionar e logo ela começaria despejar as ordens:

_ Não é mera coincidência esse blackout, quero imediatamente uma busca em todos os sistemas de segurança do Elisio, quero uma busca minuciosa dos hospedes, quero que confira todas as listas, se precisar traga aquele racker de Vegas, faça busca no perímetro e veja se as câmeras estão funcionando perfeitamente.

Seu rosto denunciava sua preocupação com aquela situação, ela sabia que muito figurão da Camarilla junto era problema na certa:

_ Quero imediatamente, algum feiticeiro, um Tremere, um Gangrel, qualquer merda dessas, até um Xamã que me explique o motivo de uma tempestade dessas, não acho que tenha sido algo normal, o lunático do Príncipe fez algum pronunciamento a respeito?

_ Diga a Gangrel que quer uma audiência, que esta foi concedida, consiga uma hora para ela na agenda, consiga informações que eu possa usar a nosso favor com os Setitas, ou eles entram em um acordo benéfico para nós ou eles voltam ao Egito em forma de bolsas e botas.

Ela agora abre a cortina de seu quarto e fica alguns minutos olhando para Austin, admirando o outro Elísio como se fosse uma obra de arte e continua com suas considerações:

_ Aceitarei seu conselho, deixarei que o Xerife se aproxime, mas na hora de nossa reunião, não quero que nos deixe sozinho, tenho algumas idéias a respeito disso.

Finalmente Piet tinha dado noticias, ela suspira e Noah pode até sentir o que lhe ia na mente, seus olhos se fecham:

_ Deixe o Heliponto reservado, e me avise assim que ele pisar no Hotel.

_ Espero não ter esquecido nada, Noah... Não quero que desgrude de mim essa noite, quero mais 2 seguranças de sua confiança para ser minha sombra.


avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Qua Ago 08, 2018 1:11 am

Noah sorriu faceiro, parecia orgulhoso conforme Kat transmitida suas ordens, ele era um indivíduo centrado e treinado para cumprir ordens. Quando sua dominadora questionou sobre o blackout, ele já pareceu ter uma solução...

_Pois bem senhora ou melhor, senhorita... quando tudo se apagou, apenas alguns lugares funcionaram de maneira resoluta na cidade, nossos geradores são inteligentes e sequer sentimos a falta da energia, sequer uma luz ameaçou reduzir... Abre aspas, tirando o fato da falta da Internet e sinais de tv, que são fatores externos, nada nos abalou. Fecha aspas...

Noah tentava solucionar de forma hábil as questões, e começa a anotar as ordens que pareciam sem fim. Sorria algumas vezes, era um homem otimista e muito expressivo, mas não parecia estar nervoso, pelo contrário, estava sereno até demais. Certamente parecia voltado a atender tudo que foi solicitado.

_Sim, chequei os hóspedes no período diurno, parecem estar ilibados.
Quanto a essa questão da segurança, o xerife diz estar responsável, ou melhor; sua serva sanguínea não me permitiu desempenhar certas ações voltadas a segurança, e não deixou me envolver mais do que já vinhamos fazendo em relação a logística, organização e infraestrutura. Todavia externei a vontade que a senhorita tem em ajudar, e ela me prometeu que daria o recado a nosso primigenie, mas elucidou que também não dependia só da liberação de William, Albatroz também deveria dar seu aval, afinal, ele é o zelador.

_Quanto a questão da tempestade, prefere que eu já entre em contato com alguém ou esperamos essa reunião se findar? Afinal, acho favorável entre membros tão poderosos, um destes elucidar a senhorita sobre o fenômeno, mais que isso, acho um dever moral da parte destes senhores, afinal, a senhorita está como organizadora do evento e omitir uma informação destas poderia prejudicar o bom andamento do evento!

O vassalo seguia anotando em voz alta alguma ou outra questão que não podia solucionar de imediato:

_Setitas anotado... Senhorita Frida anotado...

_Sim sim... -parecia entusiasmado- Já tinha reservado o heliponto para o senhor Pieterzon, rsrs, mas agora já tenho certeza que atenderá este desígnio do senhor. Fechado então...

Se levantando e relendo o bloco silenciosamente para conferir se não esqueceu nada, diz:

_Algo mais que possa lhe ser útil senhora?


Última edição por Narrador em Qua Ago 08, 2018 1:32 am, editado 3 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Qua Ago 08, 2018 1:14 am

Narração William

William finalmente chegou no hotel.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Qua Ago 08, 2018 2:00 am

Narração Seraph

O estrago foi maior que se pôde imaginar, muito choro e dor, famílias desalojadas e bombeiros e socorristas trabalhando arduamente. Você sabia que tinha um problema em aceitar que estes fatos eram dolorosos, mas isso não mudaria a realidade como ela é. Este dia foi um fiasco e você nada podia fazer a respeito.

Neste ínterim a lua surge entre as nuvens por um curto espaço de tempo e a sensação de ouvir um uivo a cerca de dez quadras dali fez seus pêlos oriçarem. Você se sente seguro e convicto de que tudo estava bem e de fato estava para você, pelo menos no que diz respeito as suas obrigações.

Por fim chega ao Elísio e é recepcionado pela harpia ventrue da cidade.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Qua Ago 08, 2018 2:35 am

William-Todos

Como de forma costumeira, um Chrysler 300c para a frente do Elisium Ventrue, ele escoltado por  outros dois carros sedan. O luxuoso carro parava e dele descia uma figura interessante:



Todos do Elisíum já o conhecia, era Henry, um dos carniçais mais poderosos de William, o mesmo fora treinado pelo próprio Zaki, e assumiu o lugar do mesmo após sua morte. Henry desceu do carro cumprindo todo os protocolos, verificando se o perímetro estava seguro, e então abria a porta para seu senhor, que logo se revela, saindo para fora do veículo:



William era um homem acima de seus 40 anos, muito bem vestido e com uma postura digna de um Cavalheiro inglês. Aqueles que o olhavam pela primeira vez, tinham a leve impressão que ele era um velho amigo querido, que a muito tempo não se via e a marca registrada daquele Ventrue era seu sorriso leve no rosto, como se ele tivesse uma confiança excessiva em si mesmo.

Todos os membros o conhecia e principalmente os Ventrues, já que William possuía um status elevado no clã, mas sua fama era tão vasta entre os vampiros quanto entre os mortais e todos sabiam o quão perigoso ele era.

...

William seguiu em passos lentos para dentro do Elísio Ventrue, cumprimentando todos durante sua passagem com um breve menear de cabeça. Henry seu lacaio por sua vez, mantinha-se como sua sombra em silêncio quase fúnebre.

....

O Ventrue seguiu então para seu escritório, onde ficaria até a dada reunião, ao chegar disse a Henry:

-Henry, peça para um dos serviçais do Elísio, pedir para que Katherine e seu rato venham até mim, quero dar as boas vindas formais a nosso modo.

-E você, fique de guarda na porta, quando chegarem você me avise, por favor.

Com um gesto com a mão, William sinaliza que Henry deve sair e enquanto isso, ele se senta e abre seu velho relógio de bolso, olhando as horas.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Qua Ago 08, 2018 6:34 am

A eficiência de Noah era lendária, ele devia andar nessas terras a mais tempo que ela, sempre passava pela sua mente, um dia torná-lo um sangue azul, mas ele parecia resistir.

Balança sua cabeça afastando qualquer tipo de pensamento, se concentrando para seu encontro com o Xerife de Ethan.

_ Vamos aguardar as reuniões, se nada for dito ou comentado, iremos nós mesmos em busca dessas informações.

Ela caminha em direção a ele, seus olhos cravados no dele, era um jogo do qual ela sempre ganhava, mas aquela noite, a diversão ia ter que esperar:

_ Depois da reunião com Willian, quero que me traga algum petisco, assim posso me revigorar daquele homem que ainda não consegui decifrar.

Antes dele sair, se lembra de algo:

_ Noah, pegue um dos relógios da coleção, vamos presentear aquele "elegante" Senhor!!!!

Dizendo isso ela se senta na enorme cadeira, enquanto seu carniçal sai para cumprir suas obrigações e observa pelas janelas, a cidade que ainda seria seu Império.
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Sex Ago 10, 2018 1:23 am

Narração - William

William adentra o local e não tarda em utilizar o elevador exclusivo que dava acesso direto ao Elísio.

Quando por fim na nave principal do mesmo, se depara com uma jovem triste que tocava uma música clássica igualmente triste. A mesma estava de olhos fechados e conforme toca, uma lágrima desce de seus olhos.

Certamente aquela era um carniçal que deu errado, mas que faria qualquer coisa agora que já tinha se tornado uma escrava sanguínea. Você reconhece a mesma como sendo lacaio de Albatroz, uma artista experiente, mas infeliz.


Sem maiores delongas adentra o corredor de acesso ao escritório, passando pelo escritório de Ethan e dos demais primigênie. Max(A cria de Ethan) estava em seu interior com a porta aberta, ela organizava os detalhes com uma faxineira particular. Ao notar que você passou pelo corredor(caso olhe para ela), corresponderá com um sorriso lindo e amistoso. A cria adotiva de Ethan era mesmo muito bela.

Já em seu escritório transmite as ordens a Henry que prontamente são cumpridas. Um dos homens que estava no corredor e pertencente a Guarda particular do Elísio, logo se encaminha para os andares inferiores, local onde Katherinna tinha um apartamento de suíte real.

Off: a velha cria de Jan tinha muitos atributos que fazem lembrar a si mesmo quando chegou na cidade.

Narração - Katherinna

O telefone toca emitindo um toque duplo, que significava que era uma ligação interna(Para ligações externas era apenas um toque único e longo que se repetia conforme os padrões normais de toque). O serviçal que escolhia um belo relógio de bolso, para o que fazia e atende o telefone. A ligação demora pouco mais de trinta segundos e após desligar, o mesmo se aproxima e diz:

_Madame, o Senhor William já chegou no Elísio, Bridget acabou de transmitir o recado. Um dos guardas real está a caminho daqui e chegará em aproximadamente 2 minutos.

_A bolsa da senhorita já está arrumada, e o presente do nosso Primogênito já está em mãos... Posso adiar minha saída se assim desejar e fazer companhia a senhorita neste primeiro momento!

Off: enquanto decide o que fará, suponho que leverá algum tempo e neste ínterim a campainha toca denunciando a chegada do guarda.

De fato era o guarda, você pode ver nos circuitos internos particular.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Sex Ago 10, 2018 5:13 am

Seus devaneios com Jan e as noitadas em Vegas, são interronpidas pelo toque do telefone, olhando ainda pelas janelas suspira com saudades.

Olha de relance para Noah e em meio aos sorrisos se aproxima dele e astutamente lhe diz:

_ Pensa que vai fugir, tão facilmente assim dessa obrigação enfadonha? Acha que eu não prefiria estar em Vegas, perambulando pelos corredores e me divertindo com você?

Pega as coisas em cima do móvel enquanto continua a falar com Noah, se ajeita uma ultima vez na frente do espelho:

_ Acontece que somos Ventrue, somos uma raça ambiciosa e detemos muito poder em nossas mãos, e já que eu a pedido de Hard, vim parar na Terra dos Cowboys, que eu faça as coisas direito, assim teremos mais vantagens, mais prestigio e se tudo der certo mais uma cidade sob o controle de nossa familia, e sem você ao lado, seria extremamente chato. Portanto, irá comigo. Se o Senhor Xerife demonstrar desconforto com sua presença, não ficarei brava com sua repentina saida.

Ao escutar a campainha, ela aguarda que Noah abra a porta, e a acompanhe juntamente com o guarda real, ao contrário de todos os outros carniçais Ventrue ou não, Noah era tratado como um igual, e em vez de andar atrás, ele anda ao lado de Katherinna, imponente e audaz cono ela, o que desperta olhares curiosos.

Como se desfilasse pelos corredores do Hotel, a Ventrue escuta os acordes de uma triste musica e ao chegar no atrio central, observa uma bela mulher, que ao tocar, uma lágrima escorria, troca olhares empáticos com Noah, se conheciam assim somente com olhares e se detém alguns minutos a escutar a música. Logo voltando a frieza habitual e calada, ela percorre o caminho até o escritório do Xerife.

Ao chegar na frente do escritório, espera que o guarda real cumpra os protocolos e anuncie que ela estava lá e com isso seria iniciada a guerra pelo controle de Austin.
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Sex Ago 10, 2018 6:30 pm

William-Narração

Ação retroativa:

William fitou a garota que estava na nave principal do elevador, ouvia a música triste, apesar de melancólica, a música era fluída e a muito Reddington não ouvia algo tão bonito. Estava claro que algo afligia a garota, porém, o Ventrue sabia de quem pertencia aquela criança, fazendo-a problema somente dele, mas passar pela mesma apenas disse:

-Bela música Senhorita, tenha uma boa noite..

William então seguiu pelo caminho, olhando brevemente por cima dos ombros enquanto via o elevador se fechar, seguindo então para seu escritório.

avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Narração - Katerina - William

Mensagem por Narrador em Dom Ago 12, 2018 3:21 pm

Noah responde a Kat com um sorriso de canto, tinha orgulho de sua função e local nesta Jhyad, era celebrante e gostava de servir. Talvez serviria para sempre aos ventrue, era bom nisso e ao contrário de muitos mortais serviçais, parecia não ter muita pressa em mudar sua condição na cadeia hierárquica Gull/Kindred.

_De maneira alguma Madame, jamais me omitiria de minhas obrigações...

Ambos eram conectados pelo poder do sangue e esta intimidade permitia que se entendessem apenas com um olhar ou um sorriso. Bastou um olhar diferente de Noah e Kat sabia que ele abriria a porta após isso.

O Guarda Real se pronuncia e foi bom Noah não ter sido liberado para outra função, pois o Primigênie queria ter com ele também. Sem delongas seguem até o local.

Noah se mantinha orgulhoso por estar a seu lado, devido a sua idade e confiança fazia isto por ordem de sua dominadora. Quando em frente ao local que William se encontrava, se depara com um homem não muito alto, mas muito atlético e com olhar como de um tigre. Ambos reconhecem Henry, era o principal executor das ordens de William quando este estava na função de Xerife.

Um sorriso se fez em seus lábios e efetua um leve reclinar de cabeça em cumprimento, mas seu olhar pouco mudou. Ele permite que ambos sigam até uma antesala e o Guarda Real segue ao lado de Henry após isso na intenção de anunciar a chegada de ambos ao primigênie ventrue.

_Senhor Reddington, desculpe o incômodo; gostaria de anunciar a chegada de Senhorita Katerina e do Senhor Noah lhe acompanha...

Aquele homem era um mortal "trabalhado" com dominação para saberem como proceder diante das questões cainitas leve e efetuar a segurança no Elísio sem questionarem as ordens, esquecendo o que viram de esquisito ou incomum. Eram usados durante datas de pequena gala e eventos triviais onde pouco eram exigidos, como agora por exemplo.

Henry libera o homem e faz um gesto para que o casal entre no escritório.

_Por aqui senhorita...

Off: William poste fotos do escritório por gentileza e descreva como devido.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Dom Ago 12, 2018 5:00 pm

William-Todos

Henry abria a porta do escritório dando visão para todo um espaço amplo, muito bem decorado, todo ambiente era cuidadosamente montado para proporcionar um bem estar aos olhos de quem tivesse o prazer de adentrar o mesmo, o que mostrava que obviamente, William fez um investimento e tanto em decoração e até mesmo em um especialista em feng shui.




A sala possuía todo conforto que poderia ter, com poltronas de couro, livros, esculturas, uma mesa para reuniões particulares, um pequeno barzinho para quem apreciasse uma boa bebida.



A mesa de William ficava em um ponto estratégico na sala, onde todos o poderiam ver e que ele também pudesse vê-los, fazendo-o assim, impossível de não ser notado no local.



Além disso, todo lugar tinha uma vista panorâmica da cidade, obviamente vinda de uma janela com uma blindagem ESG Secure P8B de 13mm. Qualquer um com o mínimo de conhecimento em segurança, saberia que aquele era o Vidro blindado mais resistente do mundo.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Dom Ago 12, 2018 5:22 pm

William-Katherinna

Assim que Katherinna entra no ambiente, junto de seu lacaio, Henry entra logo após, fechando a porta e se pôs a frente da mesma, como um exímio Guardião de William, ele pousa a mão sobre a arma que possuía e permaneceu imóvel. Noah já ouvira falar de Henry, sabia que o mesmo havia sido treinado pelo Carniçal mais antigo de William, Zaki e que o ambos foram treinados em técnicas e artes para conter e assassinar qualquer vampiro que tentasse qualquer coisa agressiva contra seu senhor.

...

William estava em um canto da sala, próximo a enorme janela, ao serem anunciados, voltou seu olhar para a porta e com um sorriso no rosto os observou por alguns segundos:



Logo de cara uma sensação estranha tomava conta de Katherinna, a sensação de que William era um velho amigo distante, não sabia o por que e tinha a absoluta certeza que o mesmo não lhe empregava nenhum tipo de poder, mas a sensação era boa e estranha o suficiente para que a mesma o tratasse como um velho amigo.

....

William então caminhou lentamente em direção de Katherinna, retirando seu chapéu da cabeça e pousando-o contra o peito, enquanto dizia em sua voz grave:

-Boa noite, Senhorita Hudson, devo dizer que está a cada dia mais deslumbrante!

A voz de William era como a de um locutor, tinha a firmeza de um comandante e a leveza de um amante. O Xerife fez uma reverência, se inclinando e estendendo a mão para Katherinna, caso a mesma lhe cedesse a mão, beijaria sobre a mesma de forma respeitosa, mostrando toda a etiqueta que tinha e era absolutamente perfeita, sua postura era de um lorde inglês e seu cavalheirismo era simplesmente impecável.

....

Voltou seu olhar para Noah e com um sorriso no rosto enquanto levantava também o cumprimentou, mas com muito menos zelo e pompa:

-Muito boa noite ao Senhor também, Noah...

Voltou então a por seu chapéu na cabeça, com o mesmo sorriso de canto de boca, era um sorriso simpático, porém, chegava a ser irritante. William era totalmente confiante, não havia brecha em seus movimentos ou ações que o fazia hesitar, e com um movimento com as mãos indicando as poltronas em frente a sua mesa, concluiu:

-Por favor, fiquem a vontade...

William continuava a fitar ambos com um sorriso, ambos sabiam quem o Xerife era, sabiam o quanto perigoso era e que sua reputação como executor, torturador e manipulador o precedia, tanto entre os Vampiros, quanto aos mortais.Não fora a toa que William desempenhou o papel de Algoz em várias cidades e fora chamado a Austin especialmente para esse fim, seja como for, Reddington era o mais próximo a um Monstro ou ao próprio Diabo, que se podia conhecer.

OFF:

Coisas a se considerar:

William tem a Qualidade Reputação, possui também antecedente Prestígio do clã 5 e status 4 na camarilla, também possui a qualidade  Rosto amigável e voz encantadora.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Ter Ago 14, 2018 3:39 am

Katherinna se mantém ereta e altiva, sua fisionomia muda apenas no momento em que entra na sala do Xerife, todos os detalhes demonstram um homem com classe e bom gosto, apesar da decoração ser sóbria demais.

Ela sorri amistosamente quando Willian se aproxima lhe estendendo a mão, deixando que ele seja um verdadeiro Lord.

_ Boa noite Sr. Willian, encantada pelo elogio.

Se deixa levar pelo jogo do Ventrue, sabia o quanto ele poderia ser perigoso, sempre olhando em seus olhos, escolhe a poltrona e elegantemente se senta, enquanto que Noah permanece como um guarda costas, pronto para qualquer coisa, ele mesmo gostava desse papel e ela deixava que ele decidisse como agir nessas questões:

_ Agradeço sua disposição em me receber esta noite, fui notificada sobre a tempestade que assolou Austin, estou a sua disposição para qualquer eventualidade.

Dizendo isso, Noah se aproxima quando Willian se senta e lhe entrega uma pequena caixa negra com o brasão da Família Hudson, mesmo sendo cria de Pieterzon, ela tinha feito seu próprio nome.

_ Trouxe um presente, percebi em nosso último encontro, que tem preferências por esse estilo de relógio, para me desculpar pelo transtorno, que eu possa estar causando com o evento de amanhã.

_ Gostaria de acertar os últimos detalhes antes de recebermos os notáveis essa noite, e de oferecer meus homens de elite para auxiliar na segurança aqui no Elisium.

Tudo na bela Ventrue era calculado, seus gestos, sua fala, seus olhares e sorrisos, mas era tudo tão natural que o Xerife não perceberia.
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Ter Ago 14, 2018 6:55 pm

William-Katherinna

William se sentava em sua poltrona ficando assim de frente a Katherninna, quando a mesma lhe entrega um presente, o Vampiro sorri de forma amistosa, porém, não faz menção alguma de pega-lo, assim que estende a caixa, Henry sai de sua postura indo imediatamente até próximo de seu senhor, pegando então a caixa, se afastando para próximo da dupla e a abrindo. Checou por alguns segundos a integridade do presente e por fim, voltou o mesmo na direção de seu senhor.

....

William tocou o presente, sem tira-lo da caixa, visivelmente o mimo que a Ventrue lhe fez, o agradou e com um sorriso no rosto disse:

-É maravilhoso, agradeço o mimo que me ofereceu e peço desculpas por não ter preparado nada de tamanho valor.

Henry então, se afastou guardando o presente que seu senhor recebeu consigo e deixando que ambos conversassem, mantendo-se na porta, com a mão na sua arma e estático.

....

O Ventrue sorri quando katherinna se mostra a disposição por conta da tempestade, William então tirou seu chapéu, pousando-o sobre um de seus joelhos, da perna cruzada elegantemente e disse:

-Agradeço a prestatividade em ajudar e como acredito que está curiosa sobre a tempestade lhe falarei sobre ela, como prova da minha gratidão pelo presente que me ofereceu.

William cruza os dedos volta seu olhar para enorme janela enquanto continua a falar:

-O motivo da tempestade está envolvido diretamente com os Cães que vivem em torno de Austin.

-Como não sou nenhum feiticeiro não sei bem o que fizeram para manipular o tempo, mas um de meus colaboradores me deu certeza que esse tipo de manipulação é de um cão poderoso e é uma declaração de que estão em guerra.

William então deu de ombros enquanto continuava:

-Seja como for, está tudo sobre controle, mas ainda estou mantendo meus protocolos de segurança, para não acabarmos sendo pegos no fogo cruzado.

O Ventrue voltou seu olhar para Katherinna por um instante e sorriu:

-Quanto ao evento de amanhã, tenho algumas coisas que gostaria de lhe pedir e te alertar, afinal, não é de meu interesse que o evento feito por um membro sangue azul, tenha algum tipo de problema.

William então se calou, apenas deixando a vampira também falar.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Qua Ago 15, 2018 5:29 pm

Katherinna não gostava de ser tão obvia, mas naquele caso ela desconfia que até mesmo o Xerife estava incomodado com aquela situação, ela fica séria e pondera por algum tempo, antes de se remexer na poltrona levemente e trocasse a posição de seus braços, cruzando suas mãos em seu colo, lançando um olhar fragmentado e rápido para Noah, ele já sabia o que era pra ser feito:

_ Acho um tanto perigoso manter um evento de tal magnitude, com membros ilustres, membros do alto escalão da Torre na cidade, se estamos tendo problemas com esses animais, mas é muito tarde de cancelar, isso seria terrível tanto para a cidade, como para com o nome de nossa Família, e isso não poderei permitir.

Ela sempre em todo momento olhava para os olhos do Xerife, não o temia, na verdade queria decifrá-lo, era palpável o poder que ele emanava:

_ Por favor Sir Willian, diga o que precisa, e assim será feito.

Sua fala era macia e chegava a ser sedutora, mas ela não estava tentando seduzir o Xerife, era algo natural e inerente a ela, todas as vezes que falava do Clã, seus olhos brilhavam:

_ É do interesse do Clã que esse evento seja bem sucedido, estou trazendo um aporte financeiro grande para a cidade, assim como influências que possa nos trazer grandes benefícios, estou investindo alto em Austin, isso tudo para elevar o nome dos Ventrue.

_ Entende o quanto isso é importante até mesmo para o Principado?
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Qua Ago 15, 2018 6:17 pm

William-Katherinna

William fitava a vampira na mesma intensidade que a mesma a fazia, achava bela sua voz e seus trejeitos, nada mais do que era esperado da Cria de Jan Pieterzoon.

....

Quando falou sobre manter um evento de tal magnitude, o Xerife riu de forma divertida e meneou a cabeça negativamente:

-Não me entenda mal Srt. Hudson, não tenho a mínima intenção de orienta-la a cancelar seu evento, os cães não são um problema, não enquanto eu estiver a frente da segurança da cidade, nada acontece aqui, sem que eu saiba ou permita.

William era excessivamente seguro de suas palavras, uma convicção que era palpável a verdade nelas, talvez fosse um louco como o Príncipe da cidade ou talvez realmente era poderoso o bastante para ser seguro de suas palavras, afinal, sua reputação e status o precediam.

....

William colocou novamente seu chapéu na cabeça, pegou seu relógio de bolso e fitou as horas, um trejeito na qual ele tinha um vício, algo que trazia ainda consigo de sua vida mortal, guardou o mesmo e continuou:

-Na verdade devido a grande reunião dos membros poderosos e com status da cidade, eu gostaria que não fizesse o evento em nenhum dos Elísios, assim, não comprometeria a segurança dos mesmos e nem dos participantes do evento.

-Gostaria que realocasse o evento para um dos imóveis de um colaborador meu, assim, teremos um local Neutro e seguro.

William então suspirou como um mortal, mesmo não precisando da respiração, o Ventrue emulava de forma exímia o ato motor de respirar, então continuou a concluir:

-Além disso, gostaria de que todos os que farão parte de alguma atração ou serão responsável por algum tipo de segurança, passe por uma conversa comigo e com a senhora, para que assim assegurarmos que ninguém esteja planejando fazer nada de perigoso aos membros que participarem ou até mesmo perigoso a si mesmos.

O Ventrue então se levantou, caminhando em direção da janela, enquanto cruzava seus braços atrás de seu corpo, enquanto continuava suas palavras:

-Sabe Srt. Hudson, o nome Ventrue nessa cidade só é realmente temido por minha causa, algo que me orgulho, porém, eu não seria nada se não fosse meus colaboradores.

-Eu pedi por auxílio de mais algum membro poderoso do Clã na cidade, pois Crane fora idiota o suficiente de ir contra o Principado de Austin e como Algoz o entreguei de bandeja para Ethan.Obviamente eu o fiz pois a grande jogada de Crane era ingênua demais para um sangue azul, permitir ele fazê-lo levaria nós dois a morte final e se utopicamente ele conseguisse, no final, ele só iria por Ernest no principado, o que seria complicado, Ethan apesar de ser louco é um homem justo assim como eu.

William parou a frente da janela e olhou por cima do ombro:

-Bom como eu tinha dito no início, eu pedi auxílio ao clã para me mandarem um membro poderoso do clã e vejamos só, me mandaram a cria de Pieterzoon.

-Sendo assim, não pretendo fazer jogos com a senhorita, em respeito a seu status e ao seu senhor.

-Quero que seja mais uma colaboradora em prol de meus objetivos e eu serei igualmente uma ponte para que realize os seus.

-Afinal, quem tem amigos não precisa necessariamente ser Rei.

William então fitou a enorme janela blindada, olhando a cidade:

-Você entende o que estou dizendo Senhorita Hudson?

O Ventrue ficou em silêncio, deixando a mesma responder e processar tudo que ele disse.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Katherinna Hudson em Qua Ago 15, 2018 8:07 pm

Katherinna descruza elegantemente as pernas, e em um movimento unico ela se ergue olha para Noah, e vai em direção a janela onde o Xerife estava, anda lentamente com passos curtos.

Muito próximo do Xerife que ainda estava de costas, ela fala como se quase sussurasse:

_ Apesar de eu não ter lhe pedido orientação, eu agradeço. Eu confio no trabalho que desempenha como Xerife, por tanto aceitarei seus conselhos.

Agora ela se aproxima de Willian e levemente toca em seu ombro, até que o mesmo desvie sua atenção para ela:

_ Sir Willian, tomou a decisão correta, todos aqueles que tentam manchar nosso nome, devem pagar com a vida.

No momento que ela fala isso, o Ventrue percebe um brilho no olhar:

_ Então foi você que solicitou a Hardestad alguém para auxilar na cidade, estou me sentindo lisonjeada com a escolha dele, obviamente que ele sabia que nos dariamos bem, não acha?

Agora ela também volta sua atenção a janela, olhando o horizonte e as luzes da cidade:

_ Não precisamos do trono para sermos Reis ou Rainhas, nem muito menos do Principado, a cidade pode ser nossa, faremos Austin sob o comando Ventrue, e quando ninguem perceber estaremos manipulando a todos, eles serão fantoches de nossas vontades.

_ Eu entendo perfeitamente o que está dizendo, mas será que você entende onde eu quero chegar?

Um sorriso agora carregado de malicia e ela começava a sentir o gosto do poder novamente e aquilo a excitava, muito mais que qualquer cargo dentro da Camarilla.
avatar
Katherinna Hudson

Mensagens : 17
Data de inscrição : 03/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Seraph em Qui Ago 16, 2018 2:19 am

*Já no Elísio Ventrue, Seraph observava se tudo estava de acordo com os padrões de segurança estipulados por William e passados a ele. Depois de ver que estava tudo como deveria, adentra o hotel. Faz uma ligação enquanto isso para Barnes, somente para constatar que o mesmo, já tinha cuidado de tudo junto aos mortais que fariam parte da segurança do local. O mesmo não costumava falhar mas como ele era o responsável por aquela parte do esquema, não custava verificar mais uma vez.
Seraph para na frente da Harpia chamada Emma, esperando que a mesma o encaminhasse, em consideração ao fato de ser um "evento" Ventrue, Seraph estava usando roupas limpas, mas era o mesmo padrão, sobre tudo de couro negro, calças e sapatos pretos e a costurlmeira cara de desinteresse que o mesmo emitia sempre.*
avatar
Seraph

Mensagens : 333
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Sex Ago 17, 2018 2:45 am

Narração - Maurice

Chegando no centro da cidade era possível se ver dois grandes monumentos escolhidos pela Camarilla como Elísio(O Capitólio e o Hotel Sheraton), assim como também percebe a dificuldade em alcança-los de modo convencional ou sorrateiro, especialmente por ser um membro de fora da seita, novato na cidade, ainda que colaborador da Torre de Marfim. Você começa a se arrepender de ter ido ali, mas agora não tinha mais jeito.

Blitz, você foi parado por uma equipe policial e tão logo foi identificado como membro, pendem para você aguardar alguns instantes.

Três veículos policiais chegam, dois deles eram caracterizados como policiais e um a paisana, fazendo uso de giroscópio. Deste, um homem negro solta e se identifica como um "tenente" que poderia ser levado ao pé da letra ou como uma das maneiras que são chamados os homens que trabalham para o Xerife ou mesmo para o Zelador; sendo como fosse, era um membro que trabalhava para a torre de marfim.

Ele pareceu favorável em te conduzir até o Sheraton e assim o faz. Mesmo você dizendo que o que tinha era confidencial.

...

Maurice é escoltado até o Elísio pelas viaturas e após cumprir protocolos de segurança e ter acesso ao mesmo, é levado a cobertura do hotel(local aonde se encontra o Elísio).

No salão principal do mesmo tinha alguns membros e uma música que era tocada em um tom melancólico e chato. Em sua maioria, os membros eram ventrue, mas um parecia se destacar, e pelas descrições, era um dos assassinos de Ethan(O Algoz Seraph), acompanhado de uma bela jovem que parecia ser uma das harpias, a líder de todas.


Última edição por Narrador em Sex Ago 17, 2018 3:05 am, editado 1 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Narrador em Sex Ago 17, 2018 2:57 am

Narração - Seraph

A bela harpia acompanhou o procedimento de inspeção feito pelo algoz em tempo exclusivo. Ela indicava os locais e respondia de forma prática a todas as perguntas. A seu ver parecia tudo a contento, o local era seguro até demais e parecia que a rotina dos hóspedes não atrapalhava em nada seu funcionamento, parecia até um disfarce perfeito. O único problema a seu ver é se um deles fosse um infiltrado ou algo do tipo, essa ao menos seria sua preocupação se fosse o zelador do Elísio.

Emma Smith por sua vez, era uma boa jogadora no quesito social e tirando as frivolidades, era uma boa companhia. Sua maior preocupação no momento, mais que o mega evento que teriam amanhã, era quanto a chuva que atingiu Austin no final da tarde.

Ela parecia preocupada com isso e interessada em pagar ou negociar por esta valiosa informação. Ela pelo visto já sabia que esta chuva não foi natural, mas não entendia ainda sua origem e jogou algumas indiretas para você quanto a esta questão esquisita e incomum.

Você soube através dela que Ethan já estava a caminho e que chegaria acompanhado de Albatroz, porém Max que era sua secretaria e também uma harpia, já estava presente cuidando de alguns detalhes da reunião.

...

Por fim, quando a ronda terminou, você nota um homem negro vestido de forma inadequada para o local de alta classe, mas é notório que tentou se arrumar a seu modo para estar o mais bem vestido possível para estar ali. Você nunca o viu antes, mas pelo estilo arrojado ou era um brujah ou um gangrel; também poderia ser um caitiff, mas isso era fora de cogitação.

Seu olhar era de uma fera assassina, mas estava acompanhado de um dos homens de Albatroz e isso te conforta um pouco.


Última edição por Narrador em Sex Ago 17, 2018 10:57 am, editado 1 vez(es)
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1345
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Seraph em Sex Ago 17, 2018 3:57 am

Emma Smith escreveu:
Narração - Seraph


Emma Smith por sua vez, era uma boa jogadora no quesito social e tirando as frivolidades, era uma boa companhia. Sua maior preocupação no momento, mais que o mega evento que teriam amanhã, era quanto a chuva que atingiu Austin no final da tarde.

Ela parecia preocupada com isso e interessada em pagar ou negociar por esta valiosa informação. Ela pelo visto já sabia que esta chuva não foi natural, mas não entendia ainda sua origem e jogou algumas indiretas para você quanto a esta questão esquisita e incomum.


*Seraph não tinha paciência para jogos sociais, a menos que fosse para brincar com a mente de alguém, o que não era o caso no momento. Logo, passa para Emma o que tinha visto ao longo do caminho do Capitólio até o hotel.*

Narração Ggeninho
*Notando o homem que não passava despercebido, se aproxima dos dois com as mãos dentro do bolso do sobretudo. Quando perto, troca olhares rapidamente com o homem de Albatroz, como quem perguntasse se está tendo algum problema. Já se virando para o estranho falando...*

-Pelo jeito não serei o único mal falado pelos cantos, por conta de suas roupas.

*Nesse momento dá de ombros.*

Parece que não nos conhecemos, Seraph. Membro da corte de Austin.

-------------------------------------------------------------

[Traços de comportamento do Seraph]
Não é agradável a presença do mesmo, já que ele aparenta fazer tudo de forma robótica e automática, sem demonstrar emoções ou interesses por qualquer coisa. Era como estar diante de uma estátua de mármore. A falta de trato social era notória, deixando quem interage com ele, sem saber o que pode vir como resposta.


Última edição por Seraph em Seg Ago 20, 2018 3:27 am, editado 1 vez(es)
avatar
Seraph

Mensagens : 333
Data de inscrição : 18/11/2015
Localização : Austin

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por William Reddington em Sex Ago 17, 2018 3:55 pm

William-Katherinna

William sorri de forma divertida, como uma criança que ouviu uma piada e fala de maneira um pouco mais séria:

-Sei muito bem que não me pediu orientações minha cara, mas como seu primogênito e seu Xerife, as darei sempre e aconselho segui-las.

-Mas fico grato por agradecer, que eu tenha as feito.

O Ventrue sabia qual era sua posição e Katherinna também tinha noção do homem que ele era, ter cuidado com as palavras com William era essencial, ela já havia ouvido dizer do temperamento forte do Xerife e quão problemático era.

...

Quando tem o ombro tocado por Katherinna, o Ventrue apenas fita a mão da mesma, enquanto isso, Noah podia notar que Henry, fez uma leve menção de sacar sua arma, porém, ao ver que o toque nada mais foi um 'afago', ele volta a postura inerte de antes. William então meneou a cabeça positivamente:

-Sei bem que fiz o correto, nenhuma atitude que tomo é sem um motivo, nada é feito de forma leviana, nem mesmo essa conversa fora.

Quando indagado em ter pedido a Hardestad auxílio, o Ventrue meneia a cabeça negativamente:

-Na verdade, pedi a Coroa Inglesa, onde tenho total influência, Hardestad só acatou um pedido feito pela rainha.

-Mas estou satisfeito que tenha mandado a cria de Jan, em resposta ao meu pedido.

William toca a janela com a palma de sua mão ao ouvir as palavras de Katherinna e diz:

-Você entendeu bem o que eu quis dizer sobre não ser Rei, porém, a cidade já está sob meu comando, como eu disse, nada acontece de forma leviana, nada é feito sem que chegue aos meus ouvidos, muitos podem ter cordas, mas somente eu sei manipula-las.

O Ventrue era cheio de si, falava com uma confiança inabalável, tinha absoluta certeza do que dizia e Katherinna sabia que o mesmo tinha criado uma rede sólida de segurança e influência ali.

...

Por fim, Reddington apenas meneou a cabeça novamente, de forma positiva, enquanto tirava a mão da enorme parede de Vidro.

-Entendo bem o que fala

Então voltando-se para Katherinna e a olhando nos olhos disse:

-Então me diga Srta. Hudson, será mais uma de minhas colaboradoras ou agirá por conta própria?

O Ventrue sorriu de forma amistosa, como um tio alegre, falando com a sobrinha num almoço de domingo.
avatar
William Reddington

Mensagens : 242
Data de inscrição : 18/11/2015

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Elísio Ventrue (Sheraton Hotel Austin TX)

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 2 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4  Seguinte

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum