CBGB - Austin

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Hope em Qui Ago 30, 2018 6:29 pm

*Hope sacode negativamente  e sua expressão fica nublada à cada palavra que lê. Seu único alento seria ver Derick em um smoking, aquilo seria muito divertido. Com a visão periférica percebe os movimentos da sala e a ansiedade de Thompson em revelar algo, por algum motivo Hope acreditava que agora  viria o “pacote”.
Lentamente  recoloca o convite no envelope rebuscado e sorri para a primigênie.*

- Sim, terminei…
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Sab Set 01, 2018 11:40 pm

Thompson sorri amigavelmente para Hope ao findar a leitura e após isso lhe responder de maneira curiosa quanto ao que viria depois...

A líder Brujah também parecia interessada em discutir o que viria a seguir, fazendo pouco caso com o que foi lido na carta ou desinteressada em saber se tinha ou não dúvidas quanto a qualquer coisa ali escrita.

_Agora que as amenidades foram discutidas... -Sua entonação de voz parecia assumir um vocativo mais sério, Thompson mais que ninguém não gostaria de ir, mas tinha uma estrutura de poder a zelar- Vamos falar do que anda acontecendo no mundo cainita num âmbito global!

_Entrego a todos em primeira mão que os anarquistas passaram a referir a si como seita recentemente. Vimos isso em vários locais, em várias cidades, em muitos Estados aonde este grupo anarquista existe e atua. Isso é uma realidade clara, e por sermos um clã rebelde, geralmente nos atrelam a este grupo.

_A realidade Anarquista como seita, hoje, é inevitável e é só questão de tempo para assumirem isso publicamente, apesar de algo parecido já ter sido dito em um Status Perfectus.

_Mas garanto também que hoje os anarquistas de Austin consolidaram também seu poder na cidade. A filha genuína de Jack Sorridente na cidade nos prova isso!

_William nosso xerife tem evitado a zona leste, o Príncipe também tem evitado essa guerra e quando questionado por mim o motivo, ele disse que ainda esta recondicionando o poderio da seita. É bem certo que em tese isso é realidade, mas já passaram-se cerca de 5 meses do último ataque sabá massivo a cidade e ninguém vem se mexendo ou se atentando quanto a este problema sério!

_Os lupinos vem na frente, o sabá vem na frente, os magos vem na frente, os caçadores vem na frente... Todos estes câncer vem tendo seu espaço e atenção na luta. Mas o fato de um câncer ser benigno, não significa que não seja um câncer, não significa que não mata, que não seja ruim! Não é por que não fomos atacados recentemente por um vespeiro que ele não deva ser controlado ou erradicado.

De fato o silêncio anarquista tem sido incomum e perturbador. A um bom tempo eles não fazem uma incursão ou ataque direto.

_Até quando vamos esperar um grupo que sequer lutou por nós ganhar força plena?

É comum os brujah criarem debates ideológicos com assunto que considerem sério, mas o que foi dito ali é algo que ainda esta obscuro a ponto de ainda não ser real, ou para os que não tem tato político ou bons informantes se participarem de maneira cética a preferir dizer com propriedade que isso se tornou realidade. O bem certo é que Thompson tinha os dois e isso causa um arrepio em seus ouvintes.

_O que podemos fazer para mudar esta realidade?

Agora Thompson mostra o por que de ter sido escolhida como líder brujah na cidade e também por ter se consolidado, visto que os que lhe seguiam tinham um poder e idade relativamente proporcional, ainda que não tanta experiência.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Hope em Seg Set 03, 2018 7:34 pm

*Hope escuta as palavras da primigênie com atenção, nem mesmo a imagem de Derick em um smoking era capaz de tirar-lhe um sorriso nesse momento. As palavras ditas em tom sério, eram realmente preocupantes. Se os anarquistas estavam “organizados” o suficiente para se auto denominarem seita, o perigo estava muito mais próximo do que o imaginado inicialmente. Hope já havia sido confundida com uma anarquista em virtude de sua “família”, tal equívoco sempre a deixava bastante amuada, não entendia como podiam confundi-los, mas não era este o tema em pauta neste momento.
Aquela corja ridícula já possuía até um manifesto “oficial”. O descaso do xerife e do regente não surpreendia Hope de maneira nenhuma, e as palavras de Thompson não poderiam ser mais acertadas, aquela escória era como um musgo que encobria toda a árvore e antes mesmo que se desse conta que deveria combater aquele “inofensivo” invasor, a árvore já estava morta.
Hope vira ao longo das décadas inimigos serem subestimados vencerem batalhas inimagináveis, e esta parecia ser a situação explanada pela brujah à sua frente.
E aquilo tudo parecia deixá-la bastante tensa.  Em silêncio ela olha rapidamente para Derick, talvez  fosse o momento de deixar que aqueles que estavam radicados à mais tempo na cidade se manifestarem primeiro.
A ideia que ocorria neste momento na cabeça de Hope poderia ser por demais ousada para ser exposta abruptamente sem sentir o terreno onde pisava.*
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Derik Blake em Ter Set 04, 2018 8:22 pm

Derik-Todos

Derik ficou em silêncio a todo tempo, ouvia com atenção tudo que era dito pela líder do clã Brujah. O Fato dos anarquistas estarem se organizando de fato era preocupante, porém, se chamarem de seita, por um momento fez o Gangrel sorrir e dizer:

-Parece até que estou ouvindo algum tipo de piada, a partir do momento que eles se denominam como Seita, deixam de lado a principal ideia que ao Anarquismo propõe.

A voz de Derik sempre soava rouca, o mesmo continuou ouvindo e se inclinando um pouco pra frente rosnou quando ouviu o nome do Xerife, sabia quem era e não precisava estar muito perto pra saber que ele fedia a problemas e que agia como uma cobra, então disse:

-Quando o Xerife ignorar a parte leste, era esperado, vindo de um sangue azul e alguém como ele, se ele pudesse expurgar toda a parte leste da cidade ele o faria, afinal, ali que está consolidado a maioria das comunidades de baixa renda.

-Ele com toda certeza estava esperando o momento certo para acabar fazendo o que você mesma está fazendo agora, botando o seu clã para cuidar.

Derik então encosta na cadeira novamente, dando de ombros quando questionados do que poderiam fazer, apenas diz:

-Como você disse, eles já se chamam de Seita, provavelmente já tomaram conta da zona leste e se meter lá pode ser um problema e tanto.

-O único meio de pegar eles é se aproveitando que eles estão andando separados, pegar um a um, minando as forças de fora pra dentro...

-Essa seria a estratégia mais segura... Porém... Tem a mais arriscada, que é se infiltrar no meio deles e ver qual é seu modus operandi.

-Por mais desorganizados que sejam ou por mais que tentem fazer encontros aleatórios, todo mundo tem um modus operandi, os animais tem, os humanos tem e nós vampiros também temos.

Derik então dá de ombros em um rosnado, parecia que pensar em tudo aquilo era demais para ele. Ele nunca gostou de se impor em conversas, isso era trabalho de Hope, aquela noite lhe estava sendo em demasia desagradável.

avatar
Derik Blake

Mensagens : 10
Data de inscrição : 23/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Sex Set 07, 2018 7:37 pm

O homem negro, forte e muito bem alinhado (Anshaw Geyé) quase não se movimentava, mas conforme Derick se pronunciou, virou levemente a cabeça e olhou o mesmo por cima dos ombros por um curto espaço de tempo como se conferisse que era o gangrel mesmo que falava, após checar, se volta em seguida para frente enquanto prepara para acender um charuto.

Faz o processo de cortar as pontas do charuto de uma maneira calma, no momento que Derick explicava o que sabia do modo operante anarquista. Por fim, ao finalizar, acende o charuto com um fósforo de hotel e diz a todos com sua voz tão grossa quanto a de Derick:

_Hoje admito de uma maneira precisa que novamente nos tornamos uma força a ser temida na cidade e termos a mesma linha de pensamento nos torna fortes, exercitar este tipo de política em nosso meio, é um diferencial. Mas por mais que tenhamos toda esta estrutura e poder, os anarquistas é uma força a ser temida.

_Thompson nos elucidou sobre as atividades anarquistas pelo mundo e o rumo que futuramente este grupo tende a caminhar. O que nos preocupa não é o fato disso acontecer fora da cidade, o que nos preocupa é a possibilidade disso acontecer por aqui; e vai, se a gente não se mexer por aqui!

_Em Austin as coisas não se concretizaram ainda, meus informantes afirmam com propriedade que muitos ainda não compraram esta idéia, mas parece questão de tempo...

O Mago Negro desta vez acena pedindo a vez:

_O plano do rapaz aqui parece bom... -Dizia apontando com o polegar para Derick- Mas pelo que parece, esse vem sendo o plano adotado pelo xerife também e pelo Príncipe por intermedio de seus algozes. Ele já vem sendo praticado diariamente, mas cá entre nós, o fato deles estarem espalhados, dá a possibilidade da idéia seguir adiante se existir um vivo, apenas um vivo que saiba como proceder, que tenha conhecimento do que fazer e ousadia para por em prática!

_Não sou o melhor estrategista dessa sala, todos aqui sabem que sou um camarada de ação direta e não amarelo em momento algum. Mas se quisermos ter sucesso nesta derrocada, teremos que conseguir aliança e cobrir áreas de atividade bem maior que cobrimos, isso arremete de uma maneira direto a uma aliança com alguém.

_O Elísio amanhã nos dará oportunidades de tecer aliança. Só temos que decidir se apoiaremos o método já utilizado na cidade ou se encontraremos pessoas dispostas a fazer mais que isso em Austin. Não acho interessante se lançar no suposto território anarco e chamar geral pra porrada, nosso número é bom, mas não sei mensurar se é suficiente para tal feito.

Thompson levanta a mão desta vez, parecia que as coisas fluiam de forma organizada e até mesmo a primigenie respeitava isso.

_Então primeiro iremos votar se vamos agir como dito por Derick e você, e ao fazer isso iremos nos posicionar nos métodos do xerife e de Ethan. Ou se vamos passar a atuar no "território anarquista", com o devido apoio político que conseguirmos amanhã...

Cinco membros se posicionaram e parece que estava voltado a agir fora do método do Príncipe e do xerife, e atuarem como uma força na zona leste da cidade, mas 2 votaram em agir neste parâmetro, dando a Hope a possibilidade de empatar.

Por serem 7 Brujah, caso empatassem, Thompson daria o voto de minerva. Apesar de Derick está presente e ter possibilidade de opinar sempre que desejasse, ele não podia votar.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Hope em Seg Set 10, 2018 4:59 pm

*Hope olha para Derick, deveras aquela era uma noite de surpresas, ele estava se pronunciando de maneira bastante clara, verbalizando as ideias que  se passavam na mente da Brujah.
Infiltrar alguém lhe parecia a melhor opção neste momento, uma vez que não haviam dados precisos a respeito do contingente inimigo. Um ataque direto seria um tiro no escuro, tanto poderia ter sucesso, quanto poderia ser um fiasco sem precedentes, e o clã parecia muito coeso, um fracasso seria uma mancha indelével que macularia por muito tempo o ego da família.
Com atenção dobrada ela ouve as palavras de Anshaw, corroborando com a proposta do gangrel.  Ao ouvir os votos de seus companheiros, Hope apenas assente positivamente com a cabeça. Era de se esperar um empate em uma situação como essa.
Quando o quinto elemento pronuncia seu voto Hope sorri, era sua vez de expor sua opinião.*

– Bom, entendo nosso ímpeto em “agir” com celeridade, mas, creio que é mais assertivo nos movimentarmos com parcimônia.
Não sabemos quantos são, e nem seu poder de fogo. Um ataque direto poderia ser bastante desastroso. Eu voto a favor de mantermos a estratégia  sugerida por Derick e por Anshaw, seguindo a mesma linha de atuação que o xerife vem usando até agora, com o adendo de infiltrarmos alguém no território inimigo, para que possamos angariar dados mais precisos e aí sim elaborar um plano para a eliminação dessa escória em sua plenitude.


*Dita as palavras de forma calma e concisa ela senta-se cruzando as pernas, a ideia de "caçar" aliança entre as outras famílias não lhe era um panorama agradável.*
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Sex Set 14, 2018 1:09 am

Thompson parecia muito otimista com a "construção" que a conversa teve. Estavam construindo valores, valores políticos e novos métodos operantis. Foi quando acendeu um cigarro e estacou de maneira reflexiva, balbuciando, emitindo ruídos baixos e ininteligível para por fim chegar a uma conclusão ou melhor, a uma nova "construção".

_Ter um serviço de inteligência brujah me parece aprazível. Na verdade acho uma ótima ideia... Mas precisaríamos de pessoas competentes para coordenar este tipo de atividade... Tenho um grupo mortal em mente e posso ofecer muita ajuda nesta tarefa. Mas ainda assim precisaria de colaboradores ativos aqui nesta sala!

Faz uma breve pausa e entra na outra questão...

_Em contra partida, também tenho conhecimento de membros que adorariam fazer uma aliança deste nível e partir pra uma ação direta, seria feito um trabalho de campo e venceria no fim o melhor estrategista. Entendam que ação direta, não está relacionado a ataque direto, ainda que tudo penderá a isso. Tudo, e o caos certamente vai se instaurar!

Thompson suspira.

_Bom, estou tentada a votar na afiliação com o xerife e posicionar o clã de acordo com o proposto por Hope e seu companheiro. Mas para tal, preciso de uma posição de ambos!

*-Inclui Derick também nessa questão e para tal, abre margem para que opine também-"

_Vocês seriam capazes de coordenar este serviço de inteligência de campo?

_Caso a resposta seja sim, eu dou este assunto por encerrado agora!!!
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Derik Blake em Sab Set 15, 2018 1:51 am

Derik-Todos

Derik o tempo todo havia ficado em silêncio, não opinou, apenas se manteve atento, todos podiam ver que o Gangrel farejava o ar, por várias vezes voltou seu nariz para aqueles que ali estavam, como um cão farejador que memorizava o cheiro daqueles que ali estavam.

...

Quando a Votação se encerra e novamente Thompson volta a falar, o Gangrel rosnou baixo, como não tivesse gostado do rumo que o assunto estava tomando, mas sua prima no final o faria se envolver, então abrindo as mãos enquanto dava de ombros disse:

-Eu agradeço que tenham dado ouvido para o que eu falei, porém, eu não tenho interesse de me envolver diretamente.

Então voltou seu olhar para Hope e continuou:

-Mas no final, Hope vai me forçar a me enfiar nessa piscina de merda até o pescoço, então foda-se, que seja...

Abaixou as mãos, cruzando os braços concluindo:

-Então farei o que Hope decidir, só não quero ta a frente de grupo algum, não sou muito bom em me relacionar.

-Por isso eu caço sozinho.

Derik então deixava nas mãos de sua Prima a decisão do que fazer, como sempre fez.
avatar
Derik Blake

Mensagens : 10
Data de inscrição : 23/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Dom Set 16, 2018 12:23 am

A camionete vem estalando e cuspindo fumaça de óleo queimado. Havia necessidade de uma vista ao mecânico mais para frente. Desligo o veículo, fechando a porta com um golpe mais forte. Ela tinha problemas também na borracha da porta. Na verdade, tudo nela podia ser reparado; desde a própria pintura.

Uma cusparada encorpada com a substância negra que era a mistura do escarro e fumo mascado.

"Então é aqui o território da Ralé.." - analisava o lugar antes de entrar.

Com passos lentos, adentro ao lugar, com olhos afiados, por debaixo da lente do óculos, procurando-se local no balcão para me sentar.
avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hope-Narração/Derick

Mensagem por Hope em Dom Set 16, 2018 5:14 pm

* Hope escuta as palavras de Thompson com satisfação. A ideia proposta por  Derik estava sendo aceita sem maiores problemas . A oferta da primigenie a deixa bastante orgulhosa, ela e o primo não passavam de forasteiros é já estavam a ponto de assumir um papel importante junto ao clã .
Quando Derik se pronuncia a Brujah olha rapidamente para ele. Não gosta do conteúdo contido  nas palavras  dele. Sua participação a contragosto, e sua mansidão em acatar qualquer coisa que Hope decidisse. Os membro ali presentes não necessitavam ter ciência  da aversão de Derik pela  proposta da líder Brujah. Sem perceber Hope franze o cenho contrariada diante das palavras do primo. Mas não se pronuncia até que ele termine sua declaração. Sem esperar muito ela se posiciona: *

- Será um prazer aceitar a responsabilidade proposta por Thompson. Tanto eu quanto Derik nos empenharemos ao máximo nesse trabalho de campo e  na coordenação de uma possível célula de inteligência Brujah.

* A Brujah falara propositalmente em seu nome e no nome do primo. Olhando para ele logo em seguida. Ela parecia magoada. Derik podia sentir isso.  Magoada ou furiosa . Porém o Gangrel tinha plena certeza que descobriria  muito em breve qual dos dois.*


Última edição por Hope em Ter Set 18, 2018 11:14 pm, editado 2 vez(es)
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Ter Set 18, 2018 12:01 am

De fato o olhar de Thompson se dividiu entre o gangrel e sua prima brujah. Derick estava coberto de razão, ele sempre foi um indivíduo livre, mesmo antes do rompimento do clã com a camarilla, e agora, mais que nunca.

Hope por sua vez tinha uma trilha a seguir, era uma brujah e como tal, deveria contribuir com o crescimento do clã, não podia ser egoísta neste momento, pelo contrário, estavam precisando dela e oferecendo uma oportunidade única, ao qual poucas vezes foram oferecidas. Por mais amor que tivesse por seu primo, o amor próprio também pesava neste instante.

Thompson pareceu contente com a decisão de Hope e acrescentou:

_Quando disse que ofereceria suporte, me referia ao que por ventura precisassem; desde apoio físico até apoio político das massas. Eu disse tudo que estiver ao meu alcance.

Conclui então:

_Mediante ao proposto e debatido por nós. Cumpro com minha promessa e me posiociono de acordo com: Anshaw, Mago Negro e Hope.

_Amanhã levarei ao xerife a disposição do clã em ajudar nesta questão; com nosso serviço de inteligência, apoio de massa e política. Com a ressalva de agirmos mediante as leis que nos regem, dando celeridade e atenção a esta questão.

O debate parecia estar chegando ao fim, mas a líder Democrática outra vez mais dá margem para alguém mais dar opinião caso tenha.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Ter Set 18, 2018 2:16 am

Atravessando a porta, o velho rato percebe uma festa e um ambiente lotado de jovens baderneiros e propensos à confusão. Sutilmente, evito a roda punk, tentando não esbarrar em ninguém.

Off: gasto um ponto de sangue para simular funções vitais e calor.

Busco uma cadeira ou vão vago no balcão, pedindo uma garrafa de cerveja barata.
avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Seg Out 01, 2018 2:47 am

Narração Mercador

Com um pouco de habilidade o velho e astuto rato se livra da roda punk. Alguns jovens tinham um ar típico de valentão, mas ao peceberem um velho moribundo com o pé na cova, que não representava perigo imediato, apenas o ignoram.

Além do mais, por sorte, o ambiente estava parcamente iluminado, o que fez você escapar ileso de outros olhares mais desconfiado. Quando se senta seus ossos velhos e cansados estalam e logo vem a sensação de relaxamento, mas nunca, em hipótese alguma, desatenção.

Uma placa escrita a mão e com graves erros de português, dizia: "a educacão nao e a serventia da casa, pegam suas propria bêbida!"

Havia também uma porta vigiada no fundo por dois homens truculentos... Sua curiosidade aguça, mas também temeu pelo pior.

Uma jovem esquisita parecia se drogar ao fundo do salão em uma das poucas mesas que existia ali. Parecia alguém especial, mas era mortal, talvez parte do rebanho por estar em um local de destaque.

O dono do bar era um homem de meia idade, que fazia tudo reclamando. O ápice foi perceber que ele limpou o mesmo copo três vezes, e ao perceber que não ficou como queria, arremessou o mesmo na lixeira com toda a força de sua alma. Um gato passeava pelo balcão a todo instante, e não parece se intimidar com o gesto de seu dono.

Por fim voltando seu olhar para o cenário de caos a sua frente, você repara um jovem escorregando em uma poça de vômito, não demora e muitos passam a escarnecer dele.

O mesmo estava muito irritado e saca um objeto pontiagudo de seu coturno, enquanto levava a mão a cabeça; você quase sentiu o gosto de sangue em sua boca enquanto o mesmo se preparava para se lançar na direção de um dos seus escarnecedores em uma fúria desmedida.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Seg Out 01, 2018 12:45 pm

Enquanto via o cenário caotico, abre o freezer e retira uma long-neck barata, retirando trocados do bolso e entregando ao dono para evocar sua atenção - moedas e pequenas notas amassadas.

- Pela cerveja... - sem muito polimento para com o humano.

E estico a mão para o felino, antes de afaga-lo. A magia do sangue aprendida, evitava que os animaid lhe fugissem ao toque. Todavia, minha atenção é roubada pelo show que agora se dava no centro daquele pardieiro. A queda só me fez sacara tampa da garrafa e fingir beber até que o vejo sacar a lâmina.

"Isto vai ficar divertido.." - ajeitava-se enquanto olhava para a porta onde os dois macacos guardavam uma distração poderia atrair a atenção de quem estivesse ali e seria mais fácil abordar os imortais desta forma discreta em meio ao inferno que estava prestes a começar.

Ronrono ao bichano (Animalismo 1): Existem mortos-que-andam e bebem sangue por aqui? Preciso encontrar algum deles. Posso te trazer comida viva se me ajudar...
avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Hope em Seg Out 01, 2018 1:37 pm

*Sem olhar para Derick, a Brujah mantinha sua atenção na líder. Fica contente com o apoio recebido*

- Obrigada pela confiança em nós depositada Thompson, espero estar à altura de suas espectativas.

* Apesar de gostar de debates, o tempo que passara ali estava estendendo-se em demasiado. Aprendera a gostar do ar livre e de sua liberdade, era uma característica do primo que trazia consigo, e apesar de um pouco irritada com a atitude dele, sabia bem que ambientes fechados não eram seu local predileto, em pouco tempo ele começaria a agir como um animal acuado, e sem demora a própria Hope faria o mesmo.*

- Agradeço o apoio e os reforços oferecidos, estudaremos a melhor maneira de agir e em  breve um plano será apresentado. Apoio político é sempre bem-vindo nesses casos. Como prometido anteriormente compareceremos ao “baile” amanhã a noite. Só não sei se seria adequado indicarmos o movimento de nossa parte sem sabermos ao certo qual ou quais peças serão movidas.

*Ela levanta-se indo em direção à porta, aguardando no entanto mais alguma manifestação antes de deixar a sala de reuniões.*
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Derik Blake em Sex Out 05, 2018 4:18 pm

Derik-Todos

Derik sorriu de canto de boca com a atitude da Prima, sabia que ela desaprovou sua atitude, porém, era algo natural entre os dois a sua desaprovação. Dando de ombros, o Gangrel apenas disse:

-Parece que Hope já decidiu o que faremos.

Assim que sua Prima se levantou, o Gangrel fez o mesmo, passou a mão em seus próprios cabelos jogando-os para trás e com um menear de cabeça disse com sua voz rouca:

-Até mais!

Fitou a "Magricela" que o afrontou no inicio da reunião e com um sorriso de canto de boca, passou por ela e sem tirar os olhos da mesma disse:

-A gente se vê por ai magrela...

Seguiu Hope, em sua saída, obviamente se assim permitissem.
avatar
Derik Blake

Mensagens : 10
Data de inscrição : 23/07/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Dom Out 07, 2018 12:55 am

Narração - Derick e Hope

Thompson pareceu satisfeita com a resposta de Hope e visto que os demais pareciam não ter mais nada a acrescentar, dá por encerrado a reunião.

_De acordo querida Hope! -Diz em um tom de finalização-

Mercedez sorri de maneira maliciosa a Derick, abadando o ar enquanto diz:

_Vai se fuder viadinho! -volta então a conversar com Berenice, uma careca meio mulher macho-

Ainda não contente com o que diz, acrescenta:

_Vai pela sombra!

Berenice sorriu junto com Mercedez e saem pela porta juntas.

Narração - Mercador

O gato pareceu animado e diz pouco antes de saltar:

_Me siga macaco!

Ele caminha entre os humanos, seus passos eram graciosos, e pouca dificuldade teve de enfrentar o rebanho.

A porta da sala de reuniões se abre neste exato instante e você reconhece doia membros saindo. Uma mulher careca é uma mulher muito magra. Off: veja Berenice e Mercedez no clã brujah

Agora mercador tem a opção de seguir o gato ou ajudar o homem que provavelmente seria esfaqueado.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Dom Out 07, 2018 1:05 am

Quando a coisa realmente comeca a ficar séria e o brilho da faca arranca a atenção do Nosferatu, ele sabia que devia interferir naquele desperdício.

Rapidamente, aproximo do jovem e com um sorriso, seguro o punho que agarrava a faca e, com o outro, extendo a garrafa de cerveja trincando de gelada recém aberta.

- LARGA A FACA E ESQUECE ISTO. - apesar da boa vontade, usava DOMINAÇÃO no garoto para evitar que desperdissassem sangue e vidas de maneira tão inútil.

Fora o fato de que um banho de sangue, arrancaria a sua Besta para fora e isto seria um problema para quem tinha vinso ali para negociar.

- Tome... bebe isto! Agora vamos enxer o cu de alcool! Isto aqui está parecendo uma reunião Mórmon! - tentava tirar o clima pesado e retomar a diversão.
avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Dom Out 07, 2018 4:57 am

Derick cruza também a porta e se depara com um homem diferente do tipo de roupa que usavam ali, aquele  sobre uma máscara de cowboy negro, era conhecido na camarilla como Mercador, um nosferatu bem astuto e perigoso.

Em uma cena inusitada, ele impedia um homem de usar uma faca, o pobre coitado(o humano) estava todo elameado e coberto de vômito no chão. Sua cabeça sangrava, parecia até que o rato tinha dado uma lição daquelas no mortal.

Mago Negro que saía atrás de você, parece apertar o passo para impedir um mal vindouro.

Mercador consegue convencer o rapaz a largar a faca, mas ele não muda por completo sua idéia, deixando o rapaz mais irritado.

_ME SOLTA VELHO FILHO DA PUTA!

Sem dar resposta, um homem truculento levanta o causador de problemas lançando ele longe com um empurrão, o jovem parece reconhecer o membro e desiste de arranjar problema.

Aquele era Mago Negro, um brujah.

_E você ratazana, que faz aqui? -Dizia a Mercador- Estava fletando o que com o rapaz?

O som estava alto e a capacidade de comunicação auditiva bem poluída, mas deu para entender o que disse.
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Hope-Todos

Mensagem por Hope em Seg Out 08, 2018 6:51 pm

*Hope olha de soslaio para Derick, sorrindo em seguida para Thompson.
Revira os olhos ao ouvir o pequeno interlúdio entre o primo e as Brujahs, se nega a tecer qualquer comentário sobre a situação, já tivera sua parcela de incomodação naquela noite.*

- Obrigada Thompson!

*Com um breve maneio de cabeça ela se despede dos ali presentes. Sua mente fervilhava, haviam muitas coisas a serem feitas e com a maior rapidez possível, seria necessário traçar um plano de ação até a próxima noite, pois talvez  fosse necessário apresentá-lo a algum interessado. Sem se ater a mais nada ali, ela deixa a sala de reuniões. Estava levemente mais irritada agora do que quando chegara.*
avatar
Hope

Mensagens : 12
Data de inscrição : 02/08/2018

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Ter Out 09, 2018 3:37 am

Por um momento, chego a me arrepender e visualizava o jovem furando as tripas de um coitado, antes de ser desarmado e coberto de porrada até que ficasse desfigurado, além da balbúrdia que aquilo viria a suceder. Contudo, a figura lhe é arrastada das mãos - bem a tempo. Odiava ter de quebrar o pulso do garoto, que agora deixava de ser seu problema. Aproveito a deixa e recolho a lâmina branca do assoalho, enquanto o Brujah fazia insinuações ofensivas, mantendo por poucos segundos os olhos no brilho da lâmina, até voltar os profundos olhos ao cainita da ralé para lhe responder.

- Apenas evitava que o imbecil perdesse mais do que os dentes ao tentar esfaquear uma gangue inteira... - dizia enquanto girava a lâmina, para lhe oferecer o cabo da faca. Até que era uma arma bonita mas não era sua.

- Bom... - dizia se aproximando para que se fizesse ouvir melhor naquela balbúrdia apenas ao Mago Negro.

- Será que oferecer ajuda para lidar com a SEITA Anarquista seria novidade para você? - propositalmente dava peso naquela palavra, imprimindo a importância e peso daquilo, apesar do tom leve de um velho inofensivo.

E, enquanto isto, fingia dar uma golada na garrafa de cerveja que carregava. Tudo paramanter o disfarce no ambiente recheado de humanos.

- Ouvi de um passarinho que isto cabe dentro dos interesses de vocês! - fazia-se ouvir acima da música, propositalmente, repousando a garrafa sobre uma mesa qualquer, apontando em direção às duas irmãs de clã do Mago que haviam saído da sala de reuniões, mostrando que estava disposto a debater isto.




avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Qui Out 11, 2018 8:20 pm

Narração - Mercador

Mago Negro fitou o velho homem e quando o mesmo começa a falar, acena positivamente demonstrando estar entendendo do que se trata. Alcança um telefone muito antigo, um modelo de chip, mas talvez um dos primeiros a serem lançado com esta tecnologia.

Claramente sua intenção era apenas ver a hora que já avançada. Não dava muita atenção inicial e parecia estar disposto a tirar aquela ratazana de seus domínios o mais rápido possível. Com um sorriso no rosto e após isso, tentando ser discreto, aponta com o beiço para uma bela jovem que parecia sair apressada dali. Era Hope, um membro brujah vagante entre os estados do Texas, mas que pode se dizer que estava passando uma temporada em Austin sem data de partida.

Feito isso dá de ombros guardando a faca em sua bota militar, voltando a direção ao infeliz que causaria aquela confusão. Não queria dever nada ao Nosferatu, talvez por isso tenha dado a ele a ajuda que precisava.

Mago Negro não pareceu gentil, pois não era, mas talvez aquele fosse um jeito de mostrar seu agradecimento.

_Boa sorte! -Diz em um tom de despedida, que se mesclaca também a desafio-
avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por O Mercador em Qua Out 17, 2018 9:09 pm

- Obrigado... - respondia para as costas da grande figura que se mistura à festa.

Sabia que o desgraçado tinha criado um débito por ter limpado aquela sujeira apesar de que, ser encaminhado para uma "turista" não era o que havia desejado, afinal.

Dando de ombros, sigo em direção a cainita conhecida por "Hope".

- Boa noite, senhorita Hope... - dizia o afro-descendente com dentes brancos em um sorriso afável, enquanto a abordava naquele ambiente.

- Posso lhe roubar por alguns instantes? - perguntava a Brujah, insinuando com um leve ar de brincadeira.

E enquanto se aproximava, retira do bolso um cartão simples

Na frente apenas os dizeres: Uncle Tom - ferro-velho
Com o endereço em letras menores.

- Os ratos também tem interesse em fazer frente ao levante da nova seita... - dizia com uma piscadela e a voz encantadora.

- Caso precisar, sabe onde encontrar o velho Mercador... - digo apontando para o cartão.

E saio pela porta do bar, tomando o cuidado de não esbarrar e de olhos abertos as oportunidades. Apenas de nao roubar dentro do bar..
avatar
O Mercador

Mensagens : 75
Data de inscrição : 07/01/2016

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Narrador em Dom Out 21, 2018 8:04 pm

Todos seguem para seus respetivos lares, tendo uma passagem tranquila por qualquer caminho que escolherem seguir.

Apesar do parco policiamento, as ruas estavam calmas e serenas, incomum as noites de Austin.

avatar
Narrador
Admin

Mensagens : 1361
Data de inscrição : 17/11/2015

Ver perfil do usuário http://austinnoturno.forumeiros.com

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: CBGB - Austin

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Página 4 de 4 Anterior  1, 2, 3, 4

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum